O Espelho do Mundo

Descrição

Este manuscrito, registrado em um colofão com a data de 1489, é uma das três cópias do século XV que se conhece de uma cosmografia vernacular rara produzida originalmente em verso sob o título Image du Monde (O Espelho do Mundo), no dialeto de Lorraine, por volta de 1245 a 1246. O manuscrito fornece descrições das sete artes liberais, acompanhadas por teorias astronômicas, especialmente sobre a terra, as criaturas que nela habitam e seus movimentos dentro do universo. Cada uma das artes liberais é ilustrada com uma pequena miniatura em grisalha, e extraordinários diagramas astronômicos geométricos aparecem repetidamente ao longo do livro. A importância desta obra (Museu de Arte Walters, W.199) é tanto textual quanto pictórica. Iluminado por seguidores de Willem (também conhecido como Guillaume) Vrelant, ativo em Bruges de 1454 a 1481, o manuscrito revela uma afinidade de formato e conteúdo com uma cópia de 1464 da obra Imagem du Monde produzida em Bruges (Londres, Biblioteca Britânica, Real 19 A.IX). O texto da obra, escrito por Gualtério (ou Gauthier) de Metz, foi originalmente encomendado por João, duque de Berry e de Auvérnia, e aparece aqui numa escrita gótica bastarda. O epílogo se refere ao “Iehan clerc librarien” em Bruges, a quem a organização dessa edição é atribuída. O manuscrito também inclui orações para benefícios físicos e espirituais aos leitores ou ouvintes. As rubricas estão em tinta vermelha e o texto em marrom-escuro com grandes divisões marcadas por iniciais maiúsculas vermelhas ou azuis. A obra tem uma iluminação de página inteira, 11 miniaturas figurativas menores em grisalha e 27 diagramas científicos policromados.

Data do Assunto

Informação da Publicação

Bruges, na Bélgica

Título no Idioma Original

Image du Monde

Tipo de Item

Descrição Física

134 fólios: pergaminho; 21,3 x 27,9 centímetros

Observações

  • Walters Ms. W.199

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de agosto de 2017