Sargento Nordstrom no comando do triturador de pedra móvel

Descrição

Frederick Clarence Stilson (de 1889 a 1974) nasceu em Illinois e serviu com o Corpo de Engenheiros do Exército dos EUA durante a Primeira Guerra Mundial. Um engenheiro formado, Stilson foi contratado pela Comissão de Comércio Interestadual dos EUA antes da guerra, e mais tarde recebeu a patente de primeiro tenente e ordens para se apresentar ao Forte Sheridan, em Illinois, em maio de 1917. Após mais treinamentos no Forte Leavenworth, no Kansas, a unidade de Stilson, Companhia B do 23º Batalhão de Engenheiros, partiu para França, saindo de Hoboken, em Nova Jersey, em janeiro de 1918. Ele passou um total de 19 meses na Europa, antes de retornar aos EUA em junho de 1919. O 23º Batalhão de Engenheiros trabalhou principalmente na construção das estradas utilizadas pelo exército para transportar homens e equipamentos para a frente e no conserto de estradas destruídas por bombas e na reabilitação de áreas contaminadas por armas químicas. Os engenheiros estavam frequentemente na linha de frente ou bem perto dela, e, segundo o exército, Stilson participou da Ofensiva de Saint-Mihiel e da Ofensiva de Meuse-Argonne no setor Toul. Em 11 de novembro de 1968 Stilson concluiu um livro de memórias, Aquela Outra Guerra, que registra tanto narrativas de viagens como a história da guerra, e ainda apresenta descrições detalhadas do interior da França e de cidades que o autor visitou enquanto esteve de licença. Seu filho Malcolm concluiu a edição do livro de memórias em 1993. Outro membro da família de Stilson mais tarde doou o texto aos Veteranos do Centro da Cultura Popular Norte-Americana na Biblioteca do Congresso, que coleta, preserva e disponibiliza relatos pessoais de veteranos de guerra americanos. A coleção também inclui o cartão de identidade das Forças Expedicionárias Americanas de Stilson, além de inúmeras fotografias que ele tirou tanto do seu treinamento nos EUA quanto do seu serviço na Europa.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017