Mar do Sul. Oceano Pacífico

Descrição

Este mapa do Mar do Sul, ou Oceano Pacífico, foi feito em 1622 pelo holandês Hessel Gerritsz, cartógrafo oficial da Companhia Holandesa das Índias Orientais e destacado gravurista e editor. Não tendo sido confeccionado como mapa de navegação, ele serviu como obra de luxo para os diretores da companhia. As regiões representadas incluem a costa da Ásia (denominadas Sina e Tartaria), do Cantão (Guangzhou) ao norte da Coreia; a Insulíndia, a leste de Bornéu; as Filipinas, o Japão e as Ilhas Salomão; a costa americana do Pacífico, do Cabo Mendocino, na atual Califórnia, até a extremidade sul da América do Sul; e, do lado do Atlântico, a costa que vai das Tortugas até o leste da Flórida, bem como a “Baía de Buttons” (Baía de Hudson). Nas laterais do mapa, à direita e à esquerda, as escalas de latitude estão graduadas de 60° Sul a 60° Norte, com o equador, o Trópico de Câncer e o Trópico de Capricórnio identificados. O mapa usa um sistema de linhas de loxodromia de 932 milímetros de diâmetro com 16 centros secundários. Há sete rosas dos ventos. Os litorais estão delineados com cores e as ilhas pequenas estão pintadas com cores simples. Três longas legendas em holandês, duas ao sul do Timor e a terceira a sudeste das Ilhas Marquesas, oferecem informações adicionais sobre o mapa. No topo, à esquerda, cártulas mostram escalas em milhas holandesas, léguas espanholas e léguas inglesas; à direita, há três bustos dos exploradores Balboa, Magalhães e Le Maire. Há um pequeno planisfério (120 mm x 80 mm) na parte superior central, cuja estrutura (latitudes crescentes) e demarcação geográfica diferem do mapa principal. A Califórnia, uma península no mapa principal, aparece aqui como uma ilha, concepção que surgiu na cartografia em 1510. O mapa é suntuosamente decorado com ilustrações de embarcações. No Pacífico Norte, quatro embarcações com bandeiras holandesas viajam em direção à América e outro em direção à Ásia. Perto da costa do Peru, três embarcações holandesas navegam no sentido oeste. Elas são flanqueadas pelo título, “Mar del Sur, Mar Pacifico”, em letras douradas. Na parte inferior do mapa, cinco navios atravessam uma tempestade. Também estão retratados pequenos barcos indígenas e baleias. A borda representa uma moldura dourada, com indicações dos pontos cardinais da bússola. No canto esquerdo, uma cártula adornada com fitas e pergaminhos traz a assinatura do cartógrafo. A data foi alterada, provavelmente pelo sucessor de Geeritsz. O primeiro dos três Xs e os dois últimos dígitos foram adicionados, tendo como resultado o ano exibido de 1634, e não 1622, a data original.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Mar Pacifico. By Heſſel Gerritsz . Met Octroy van de E.H.M. Heeren de Staten Generael der Vereenichde Nederlanden . Duytsche mÿlen vÿftien voor een graedt

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa em 2 folhas, velino: colorido; 107 x 141 centímetros

Observações

  • Nas laterais do mapa, do lado direito e esquerdo, as escalas de latitude estão graduadas de 60° Sul a 60° Norte, 10° = 82 mm. Há indicação do equador e dos trópicos. Sistema de loxodromia de 932 mm de diâmetro com 16 centros secundários. Sete rosas dos ventos.

Referências

  1. Catherine Hofmann, Hélène Richard, Emmanuelle Vagnon, et al., The Golden Age of Maritime Maps: When Europe Discovered the World (Buffalo, NY: Firefly, 2013).
  2. National Library of Australia, Mapping our World: Terra Incognita to Australia (Canberra: National Library of Australia, 2013).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 6 de novembro de 2017