Atlas náutico do mundo, anverso do fólio 2, Nordeste do Oceano Atlântico e Norte da Europa, e verso do fólio 2, Oceano Atlântico Central com os Açores

Descrição

O mapa aqui apresentado pertence ao Atlas Miller, que integra as coleções da Biblioteca Nacional da França. Produzido em 1519 para o Rei Manuel I de Portugal pelos cartógrafos Pedro Reinel, seu filho Jorge Reinel, Lopo Homem e pelo miniaturista António de Holanda, o atlas contém oito mapas em seis folhas soltas, pintadas dos dois lados. Um dos lados deste mapa (anverso do fólio 2 no atlas) mostra o Norte da Europa, incluindo as Ilhas Britânicas, a Escandinávia e a Islândia, assim como o nordeste do Oceano Atlântico, chamado Mare Congelatu (Mar Congelado). No mapa, quatro embarcações que navegam no oceano exibem a Cruz da Ordem de Cristo portuguesa. Há muitos brasões heráldicos, alguns são pretos com motivos vermelhos; outros são decorados em folha de ouro, material que também é usado para destacar certas ilhas. Muitas faixas vermelhas e letras douradas identificam lugares com seus nomes latinos, como Cenabum (Orleans), Lugdunum (Lion) e Borbetomagus (Worms, na Alemanha). O outro lado (verso do fólio 2) mostra a região central do Oceano Atlântico com os Açores. A metade direita do fólio está em branco. Insula Viridis é a atual Groenlândia. O atlas recebeu este nome em referência a Emmanuel Miller, que o adquiriu em 1855 de uma livraria em Santarém, Portugal. A viúva de Miller o vendeu à Biblioteca Nacional da França em 1897.

Última Atualização: 6 de novembro de 2017