Cavalaria japonesa no controle de Khabarovsk perseguindo e atacando os inimigos

Descrição

Durante a Guerra Civil Russa, tropas aliadas japonesas e do Exército Branco russo tomaram Khabarovsk em 5 de setembro de 1918. Embora a captura da cidade tenha sido relativamente pacífica, esta litografia retrata a cavalaria japonesa travando uma luta feroz, com a icônica ponte férrea sobre o rio Amur preenchendo o cenário de fundo. Em 5 de abril de 1920, durante um confronto posterior entre os bolcheviques e as tropas japonesas, dois dos 18 vãos da ponte foram destruídos e a ponte da Ferrovia Transiberiana acabou sendo divida ao meio, permanecendo assim por cinco anos até ser finalmente consertada. Entre agosto de 1918 e outubro de 1922, o Exército Imperial Japonês participou da “Intervenção Siberiana”, uma tentativa das potências aliadas da Primeira Guerra Mundial de apoiar o Exército Branco contra os bolcheviques na Guerra Civil Russa (de 1917 a 1922). Soldados de nove países participaram da intervenção, iniciada em agosto de 1918. Mesmo com a retirada das tropas dos Estados Unidos e do Reino Unido em 1920, o exército japonês permaneceu no Extremo Oriente Russo e na Sibéria por mais dois anos. Mais de 70.000 soldados japoneses participaram dos combates. Para apoiar a ação dos militares japoneses, em 1919 a editora Shōbidō Co. Ltd., com sede em Tóquio, produziu uma série de litografias patrióticas intitulada “Ilustração da Guerra da Sibéria”, que retratava vários acontecimentos da campanha.

Colaborador

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Shōbidō and Company, Tóquio

Título no Idioma Original

The Japanese cavalry taken possession of Khobarovsk pursueing[sic] and attacking the enemies

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão: litografia colorida; 39 x 55 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 14 de novembro de 2017