A Divina Comédia

Descrição

Quase a partir do momento em que foi escrita, a obra Commedia de Dante Alighieri (de 1265 a 1321) gozou de grande popularidade, sendo elogiada por Boccaccio como divina e copiada em mais de 600 manuscritos. A obra continuou sendo uma fonte eterna de inspiração artística, desde as primeiras ilustrações manuscritas até as obras de artistas modernos como Salvador Dalí e Robert Rauschenberg. O movimento que visava reavaliar a literatura vernacular italiana despertou interesse nas obras de Dante entre 1440 e 1470 e resultou em esforços em Florença, cidade natal do poeta, para publicar sua “própria” edição representante de Commedia, a fim de competir com as edições impressas anteriormente em Foligno em 1472, e depois em Veneza, Mântua, Nápoles e Milão. Tais esforços renderam a edição florentina de 1481, acompanhada por um respeitável comentário que enfatizou o caráter alegórico da obra. O comentário foi escrito por Christophorus Landinus (de 1424 a 1498), um proeminente membro da Academia Platônica de Florença e professor de Lorenzo di Pierfrancesco de’ Medici, um primo de Lorenzo o Magnífico. Este comentário foi incluído em todas as edições de Commedia impressas nas duas décadas seguintes. As diferentes técnicas necessárias para imprimir o texto (impressão em relevo) e as gravuras em cobre (um processo de gravura em metal) parecem ter causado problemas nesta edição florentina, impressa em 1481 por Nicolaus Laurentii, originário de Wrocław (atual Breslávia), na Polônia. Apenas cerca de 20 exemplares da edição contêm 19 gravuras em cobre, a maioria das quais colada, em vez de impressa nas páginas de texto, enquanto outras apresentam apenas duas ilustrações até os dois primeiros canti do poema. A edição ambiciosamente planejada, no entanto, aparenta não ter sido bem realizada. O número de omissões e erros textuais sugerem que a obra foi impressa com certa pressa. É provável que as gravuras em cobre tenham sido obra de Baccio Baldini e parecem estar relacionadas com a série de 92 ilustrações produzidas por Sandro Botticelli para Lorenzo di Pierfrancesco de’ Medici por volta do final do século XV. (Essas ilustrações são mantidas no Museu de Gravuras e Desenhos do Museu Estatal de Berlim e na Biblioteca do Vaticano). A explicação mais plausível para essa relação é que Baldini talvez tenha baseado suas ilustrações em uma coleção de materiais de Botticelli para a obra Commedia composta de estudos e esboços incompletos.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Nicolaus Laurentii, Florença

Idioma

Título no Idioma Original

La Commedia

Tipo de Item

Descrição Física

737 volumes: ilustrados; 47 x 43 centímetros

Observações

  • Código BSB: Rar. 290-1/3
  • Essa descrição da obra foi escrita por Wiltrud Summer-Schindler da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 16 de março de 2017