Hero e Leandro

Descrição

Esta edição ilustrada do epyllion (poema épico) do poeta grego Museu (do final do século V ao início do século VI), que relata a trágica história de amor de Hero e Leandro, é uma das primeiras edições produzidas por Aldus Manutius, o velho (de 1449 ou 1450 a 1505), na Gráfica Aldine, sua oficina de impressão veneziana. O livro contém o texto do poema no original grego, em 343 hexâmetros, e uma tradução latina. Não se sabe ao certo o ano em que essa edição sem data foi publicada (sendo sugerido: 1494, 1495, 1497 e 1498), nem se obra apareceu antes ou depois da edição de Museu que, também sem data, foi impressa por Lorenzo de Alopa em Florença. Aldus Manutius foi um tipógrafo inovador, um excelente filólogo e, juntamente com Filippo Giunta, um dos mais importantes impressores pioneiros da literatura clássica. Ele se especializou na edição e publicação de antigos textos gregos (31 edições). Suas tiragens relativamente grandes, somando um total de aproximadamente 60.000 livros produzidos por sua editora, disponibilizaram esses textos a um enorme público. Aldus Manutius trabalhou em estreita parceria com Francesco Griffo, um gravador de punção e fundidor de tipos de Bolonha, para criar seus primeiros tipos gregos. Eles produziram e utilizaram quatro conjuntos diferentes de tipos de impressão gregos, cada um moldado de acordo com a característica da caligrafia, e às vezes das abreviações idiossincráticas, de um calígrafo contemporâneo. Os tipos usados para a edição dos versos de Museu representam as fontes gregas mais antigas de Manutius, que imitavam a caligrafia de Immanuel Rusotas, um escriba profissional grego que trabalhou em Veneza a partir de 1465. A respeitável qualidade filológica das edições de Aldine se deve, em parte, à cooperação de Manutius com o estudioso Markos Musuros (ou Mousouros), mas pesquisas atuais revelam que a constituição do texto de Museu foi obra do próprio impressor. Não se sabe, no entanto, quais manuscritos ele utilizou. A tradução latina da obra também pode ser atribuída a Manutius, conforme atesta um autógrafo manuscrito do projeto preservado na Bibliothèque humaniste in Sélestat, na França. A cópia apresentada aqui pertenceu à biblioteca de Hartmann Schedel e veio para a Biblioteca da Corte de Munique em 1571, como parte da coleção de Johann Jakob Fugger.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Gráfica Aldine, Veneza

Título no Idioma Original

De Herone et Leandro

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

28 fólios: ilustrados

Observações

  • Código BSB: Rar. 303
  • Essa descrição da obra foi escrita por Kerstin Hajdú da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 16 de março de 2017