Paixão de Stöger: o sofrimento de Cristo

Descrição

A chamada Paixão de Stöger foi o primeiro livro a ser impresso na Baviera e provavelmente o primeiro incunábulo ilustrado, sendo anterior até mesmo à edição de Albrecht Pfister da obra Edelstein de Boner, datada de 14 de fevereiro de 1461, bem como da Biblia pauperum (Bíblia dos pobres) de Pfister, de aproximadamente 1462 a 1463. O nome do livro é uma homenagem a Franz Xaver Stöger o Jovem, provavelmente filho de um leiloeiro de Munique, que desde 1831 tinha bons contatos comerciais com a biblioteca de Munique e divulgou a obra pela primeira vez em 1833. O livro foi impresso com tipos móveis semelhantes aos utilizados na Bíblia de 36 linhas e na Bíblia de Gutenberg, e que também foram usados num almanaque de Viena para o ano de 1462. A obra é decorada com 20 cortes de metal que ilustram a Paixão de Cristo. Precedendo a Paixão de Stöger, o volume contém uma edição das Sete Alegrias de Maria, obra impressa com o mesmo tipo e ilustrada da mesma forma com cortes de metal. A cópia de Munique é o único exemplo completo desta obra, dos quais sabe-se que existem sete edições diferentes: seis em alemão e uma em italiano. Antes da aplicação em trabalhos de impressão, os cortes de metal haviam sido usados para ilustrar livros manuscritos de orações. Criadas antes que essa edição fosse impressa em 1461, essas imagens são semelhantes às de Meister der Spielkarten (Mestre das Cartas de Jogo), um artista ativo na área do Reno Superior e, portanto, muitas vezes consideradas originárias dessa região. No entanto, como as imagens impressas tinham bastante mobilidade (os desenhos deste artista em particular foram, na verdade, distribuídos da Inglaterra para Viena), e visto que os manuscritos e as edições impressas deste texto foram escritos num dialeto bávaro central, é possível que os cortes de metal também sejam originários da Baviera. A primeira edição do pequeno livro de orações com suas ilustrações de corte de metal alcançou tanto sucesso que logo em seguida foi feita uma cópia, que, por sua vez, serviu para produzir livros similares com textos manuscritos ou xilogravados.

Data de Criação

Data do Assunto

Tipo de Item

Descrição Física

21 fólios

Observações

  • Código BSB: Inc.s.a. 104 m#Beibd. 1
  • Essa descrição da obra foi escrita por Karl-Georg Pfändtner da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 27 de outubro de 2016