Diálogos de São Gregório Magno. Fragmento

Descrição

Este fragmento, com parte dos Diálogos tradicionalmente atribuídos a São Gregório Magno (de 540 a 604; Papa Gregório I, de 590 a 604) do século XI, é considerado o artefato mais antigo da coleção de fragmentos de códices medievais mantidos nos arquivos literários na Biblioteca Nacional da Eslováquia. De origem desconhecida e escriba anônimo, o fragmento é parte de um manuscrito que foi usado e originalmente preservado pelo meio franciscano de Bratislava. A obra Diálogos e as homilias de São Gregório foram lidas por muitas pessoas na Europa na Idade Média. Os primeiros três livros dos Diálogos narram os feitos dos santos italianos, com o segundo livro inteiramente dedicado a São Bento (por volta de 480 a 547), autor da famosa Regra de São Bento para monges e fundador da abadia e do mosteiro de Monte Cassino, perto de Roma.

Última Atualização: 18 de julho de 2016