Guia para visitas de condolência no Afeganistão

Descrição

Uṣūlnāmah-ʼi taʼziyahʹdāri dar Afghānistān (Guia para visitas de condolência no Afeganistão) é um breve tratado formado por 13 restrições referentes ao luto público no Afeganistão, especialmente em relação às visitas de condolência. No texto predomina o tom proscritor. Ele proíbe visitas repetidas aos sobreviventes do falecido, e exige que tais visitas sejam realizadas dentro de três dias após a morte da pessoa sendo velada. A obra também traz restrições contra exposições excessivas de dor e visitas de condolência de jovens mulheres quando a pessoa falecida não for mulher ou um parente próximo do sexo masculino. O texto é apresentado em colunas paralelas nas duas principais línguas do Afeganistão, pastó e dari. O livro foi publicado com 300 cópias em 9 de abril de 1939, correspondendo ao reinado precoce de Mohammed Zahir Shah (no poder de 1933 a 1973). Uṣūlnāmah-ʼi taʼziyahʹdāri dar Afghānistān oferece uma rara perspectiva da intromissão do Estado afegão, que passava por uma rápida modernização, em áreas cuja responsabilidade era exclusivamente da religião e dos sistemas de crenças tradicionais.  

Última Atualização: 31 de agosto de 2016