Retenção de Candaar

Descrição

Retenção de Candaar, publicada em Londres em 1881, é um exemplo típico dos muitos panfletos produzidos na Grã-Bretanha enquanto o Parlamento e o povo britânico discutiam a política a ser aplicada no Afeganistão depois da Segunda Guerra Anglo-Afegã (de 1878 a 1880). A guerra começou em novembro de 1878, depois que a Grã-Bretanha enviou uma tropa anglo-indiana ao Afeganistão com o objetivo de substituir o emir do Afeganistão, sher Ali Khan, que supostamente mantinha opiniões pró-russas, por um governante mais favorável à Grã-Bretanha. Após uma série de batalhas com vitórias de ambos os lados, em setembro de 1880 a guerra finalmente chegou ao fim depois de uma vitória decisiva dos britânicos na Batalha de Candaar. William Ewart Gladstone, que em abril de 1880 se tornou primeiro-ministro pela segunda vez, assumiu o cargo seriamente comprometido com um plano de retirada total do Afeganistão. Essa medida foi contrariada por muitos oficiais ativos e aposentados na Grã-Bretanha e na Índia Britânica, que argumentavam que as tropas indo-britânicas deveriam ocupar permanentemente Candaar para controlar possíveis expansões russas em direção à Índia. Um desses ex-funcionários foi o conde de Lytton, que, como vice-rei da Índia, era um ávido entusiasta pela guerra. Este panfleto contém o texto de um discurso proferido na Câmara dos Lordes pelo conde de Derby (Edward Henry Stanley, de 1826 a 1893), um estadista e influente intelectual liberal britânico ativo durante e depois da era vitoriana, refutando o argumento de Lytton a favor da retenção. O panfleto defende a desocupação, e apresenta os argumentos militares, políticos e financeiros contra a retenção. Lorde Derby resume seu ponto de vista no final do discurso declarando: “Votarei contra a retenção de Candaar porque acredito que isso será um fardo e não um benefício, uma fonte de fraqueza, não de força”. Seu argumento foi bem-sucedido, e no final os governos britânicos e indianos executaram o plano de Gladstone para retirada total. As últimas tropas indo-britânicas deixaram o Afeganistão na primavera de 1881. O novo governante afegão, ‘Abd-al-Rahman, permitiu que os britânicos supervisionassem suas relações externas, e em troca a Grã-Bretanha prometeu um subsídio e ajuda na resistência à agressão sem motivo por potências exteriores. Através desse acordo o Afeganistão conseguiu manter sua independência e evitar ocupação estrangeira.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Agência da Imprensa Nacional, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

The Retention of Candahar

Tipo de Item

Descrição Física

16 páginas; 20 centímetros

Referências

  1. David Steele, “Stanley, Edward Henry, fifteenth earl of Derby (1826‒1893),” in Oxford Dictionary of National Biography (Oxford, U.K.: Oxford University Press, 2004).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 31 de agosto de 2016