Pelas Fronteiras do Afeganistão

Descrição

Major Émile Antoine Henry de Bouillane de Lacoste (de 1867 a 1937) foi um oficial militar que, após servir com o exército francês na Indochina, realizou uma série de longas viagens a diferentes partes da Ásia em nome de autoridades francesas. Com base em suas viagens escreveu vários livros. Pelas Fronteiras do Afeganistão é uma tradução inglesa de uma obra originalmente publicada em Paris em 1908 sob o título Autour de l’Afghanistan aux frontières interdites (Pelas Fronteiras Proibidas do Afeganistão). Como elucida melhor o título em francês, Bouillane de Lacoste não recebeu permissão das autoridades afegãs para viajar pelo Afeganistão. Ele então descobriu um jeito de viajar pelas fronteiras do país. Partindo de Teerã no final de abril de 1906, Bouillane de Lacoste viajou primeiro a Mexed, no nordeste da Pérsia (atual Irã), e de lá para a Ásia Central Russa, passando por Ashgabat e Merv (ambas as cidades no atual Turcomenistão), Bucara e Samarcanda. Depois de chegar ao fim da linha ferroviária russa em Andijan (atual Andijon, no Uzbequistão), ele prosseguiu para as Montanhas Altai, nas atuais regiões do Quirguistão e do Tajiquistão, passando então pela China e Índia Britânica. O próximo trecho da viagem foi de Srinagar (na Caxemira) até Lahore, e de lá por Baluquistão (no atual Paquistão) e de volta para a Pérsia, onde finalmente chegou a Teerã no final de janeiro de 1907. A viagem foi feita por via férrea e caravana a cavalo. Bouillane de Lacoste foi acompanhado pelo tenente Hippolyte Marie Joseph Antoine Enselme (nascido em 1872), que havia servido com Bouillane de Lacoste na Indochina e o acompanhou numa viagem anterior para a Manchúria. O relato de Bouillane de Lacoste está escrito em forma de diário, e contém descrições da paisagem e dos povos que encontrou. O livro apresenta vários mapas, incluindo um dos percursos do autor, e quase 80 fotografias. O prefácio, de Georges Leygues, um político francês que mais tarde trabalhou por alguns anos como ministro da Marinha e brevemente Primeiro-Ministro, contém reflexões gerais sobre a rivalidade anglo-russa na Ásia Central e a rixa dos britânicos na Índia, escrito de uma perspectiva francesa.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Sir I. Pitman & Sons, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Around Afghanistan

Tipo de Item

Descrição Física

217 páginas: mapas, retratos; 25 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 26 de agosto de 2016