História do governo indiano de Lord Lytton, de 1876 a 1880

Descrição

Edward Robert Bulwer-Lytton (1831 a 1891), um poeta e diplomata britânico, serviu como vice-rei da Índia entre 1876 e 1880. Ele foi apontado pelo primeiro-ministro conservador Benjamin Disraeli num momento de intensa rivalidade entre Grã-Bretanha e Rússia pelo controle da Ásia Central. Durante o seu vice-reinado, Lytton trabalhou para melhorar a administração indiana e supervisionou a resposta muito criticada de seu governo à Grande Fome de 1876 a 1878. Ele também foi amplamente criticado por sua política assertiva e “vanguardista” em relação ao Afeganistão, que, na opinião de seus detratores, foi responsável por provocar a Segunda Guerra Anglo-Afegã (1878 a 1880). Aqui apresentamos História do governo indiano de Lord Lytton, de 1876 a 1880, uma narrativa do vice-reinado de Lytton compilada por sua filha, Lady Betty Balfour, com base em documentos privados e oficiais. Em seu testamento Lytton havia solicitado à sua esposa que “se esforçasse para obter o apoio de algum estadista ou escritor” para produzir um registro completo do seu governo. Primeiro a família escolheu um amigo e colega próximo de Lytton, Sir John Strachey, mas quando a saúde de Strachey o impediu de continuar a compilação, a tarefa ficou para a filha de Lytton. Publicado em 1899, o livro é um relato objetivo dos eventos do governo de Lytton, apresentados em ordem cronológica. A obra é composta de 12 capítulos, e abrange questões como o Delhi Durbar de 1877, que proclamou a rainha Vitória como imperatriz da Índia, as negociações de fronteira de 1877, a fome de 1876 a 1878, a missão russa de 1878 a Cabul, e as negociações realizadas e os tratados assinados com os governantes do Afeganistão. Um capítulo é dedicado à controversa Lei da Imprensa Vernácula de Lytton, que restringiu a liberdade de expressão de jornais da Índia que não eram escritos em inglês. O livro conclui com um mapa desdobrável da Índia e de áreas vizinhas, mostrando o território que a Índia Britânica adquiriu do Afeganistão depois de 1786. Lady Betty Balfour mais tarde ganhou fama por seu apoio ao movimento sufragista e à educação feminina.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Longmans, Green, and Company, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

The History of Lord Lytton's Indian administration, 1876 to 1880

Tipo de Item

Descrição Física

551 páginas: ilustrações, mapas; 24 centímetros

Referências

  1. Clayre Percy, “Balfour, Elizabeth Edith [Betty], countess of Balfour (1867‒1942),” in Oxford Dictionary of National Biography (Oxford, U.K.: Oxford University Press, 2004).
  2. David Washbrook, “Lytton, Edward Robert Bulwer-, first earl of Lytton [pseud. Owen Meredith] (1831‒1891),” in Oxford Dictionary of National Biography (Oxford, U.K.: Oxford University Press, 2004).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de agosto de 2016