Narrativa de uma viagem de Herat a Khiva, Moscou e São Petersburgo

Descrição

James Abbott (1807 a 1896) foi um oficial do exército britânico que em 1823 partiu para a Índia. Ele participou da invasão anglo-indiana que desencadeou a Primeira Guerra Anglo-Afegã (1839 a 1842). Abbott chegou a Candaar em abril de 1839 e foi membro de uma missão política a Herat. Em dezembro de 1839 ele foi enviado a uma missão no canato de Khiva (no atual Uzbequistão), que sofria ataque de uma expedição militar russa e havia solicitado ajuda britânica. Aparentemente a expedição russa tinha como objetivo libertar escravos russos detidos pelos habitantes de Khiva e parar os ataques a caravanas, mas na verdade buscava controlar o canato. Abbott não conseguiu convencer o cã de Khiva a libertar os escravos russos, a fim de eliminar qualquer pretexto para a intervenção russa, mas conseguiu persuadi-lo a assinar um tratado que estipulava a presença de um agente britânico em Khiva e autorizava os britânicos a servirem de mediadores entre Khiva e Rússia. Em seguida, Abbott viajou a São Petersburgo para realizar a mediação. Ele deixou Khiva em março de 1840 e, depois de muitas aventuras, incluindo ocasiões em que foi atacado e sequestrado por um bando de cazaques, chegou à capital russa, onde seus esforços de mediação foram rejeitados. Ele retornou à Inglaterra e mais tarde ao seu posto na Índia. Em 1843 Abbott publicou sua obra Narrativa de uma viagem de Herat a Khiva, Moscou e São Petersburgo em dois volumes, que apresentamos aqui. O livro contém um relato detalhado da missão de Abbott, começando com sua partida de Herat e cobrindo sua viagem até o Turquestão, pela Rússia até São Petersburgo, depois Londres e, finalmente, de volta a Calcutá. O volume um contém um grande mapa desdobrável com a rota da viagem de Abbott de Herat a Khiva e depois a Orenburgo, na Rússia. Um aspecto interessante do livro são as perspectivas oferecidas por Summud Khaun, um guia afegão que acompanhou Abbott durante toda a viagem, visitando lugares não só na Ásia Central e na Rússia, mas também em Londres, Paris, Gênova, Roma, Nápoles, Atenas e outras cidades europeias no caminho de volta para a Índia. Abbott apresenta muitas observações do seu guia sobre os costumes e as condições europeias (como por exemplo a pena que o guia sente das pessoas que vivem na pobreza e miséria em Nápoles) sob o título “Summud Khauniana”. Entre 1845 e 1853 Abbott foi comissário de Hazara, na Índia, onde a cidade Abbottabad foi nomeada em sua homenagem.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

William H. Allen e companhia, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Narrative of a journey from Heraut to Khiva, Moscow, and St. Petersburgh, during the late Russian invasion of Khiva; with some account of the court of Khiva and the kingdom of Khaurism

Tipo de Item

Descrição Física

2 volumes: ilustrações, mapas; 20 centímetros

Referências

  1. R.H. Vetch, revised by Roger T. Stearn, “Abbott, Sir James (1807‒1896),” in Oxford Dictionary of National Biography (Oxford, U.K.: Oxford University Press, 2004).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de agosto de 2016