Memórias e Correspondências do Major-General Sir William Nott

Descrição

Sir William Nott (de 1782 a 1845) foi um oficial do exército na Companhia das Índias Orientais que comandou as forças britânicas e anglo-indianas durante a Primeira Guerra Anglo-Afegã (de 1839 a 1842). Ele nasceu numa modesta família de agricultores em Glamorganshire, Gales, e teve um ensino fundamental de pouca qualidade. Em 1800 embarcou para a Índia, e foi patenteado no exército da Companhia das Índias Orientais. Por muitos anos comandou uma sucessão de regimentos de infantaria autóctones. Ao longo de sua carreira militar, Nott passou a admirar as qualidades militares dos sipais (soldados indianos que serviram no exército da Companhia das Índias Orientais), que para ele eram melhores em comparação com as dos soldados britânicos. Antes de a Guerra Anglo-Afegã começar Nott era coronel, mas logo foi promovido a general. Ele comandou as tropas britânicas e autóctones em diversas batalhas bem-sucedidas e em 13 de janeiro de 1842 foi nomeado comandante de todas as tropas britânicas e anglo-indianas no sul do Afeganistão e em Sind. Em 30 de agosto de 1842 ele conquistou uma importante vitória sobre as forças afegãs perto de Gázni, resultando na tomada de Cabul e finalmente no fim da guerra. Após trabalhar como residente na corte de Lucknow, Nott voltou para a Inglaterra, onde dentro de dois anos faleceu. Este livro foi compilado postumamente por J. H. Stocqueler, autor de vários livros de biografia e história militar britânica, e tomou como base documentos pertencentes às filhas de Nott. O volume dois da obra apresenta um longo apêndice contendo documentos referentes às atividades de Nott no Afeganistão, alguns escritos pelo próprio Nott, mas a maioria por outros oficiais. Nott é considerado pelos historiadores como sem dúvida o melhor general britânico na Guerra Anglo-Afegã.

Última Atualização: 27 de julho de 2016