Uma espiada no Turquestão

Descrição

Rollo Gillespie Burslem (de 1813 a 1896) foi um soldado britânico do 13º Regimento da Infantaria Leve do Príncipe Alberto, parte do exército anglo-indiano do Indo que invadiu o Afeganistão durante a fase inicial da Primeira Guerra Anglo-Afegã (de 1839 a 1842). Mais tarde o regimento de Burslem passou a fazer parte da força de ocupação encarregada de estabelecer ordem no país. Burslem acompanhou o tenente Stuart dos Engenheiros de Bengala numa missão para examinar as passagens do Indocuche e as cadeias de montanhas do Turquestão. Uma espiada no Turquestão é o relato de Burslem sobre essa missão. Em 13 de junho o grupo partiu de Cabul com uma escolta militar, viajou por Bamiyan até chegar a Balkh, e retornou a Cabul em 7 de novembro, três dias depois que Dost Mohammad Khan se rendeu a Sir William Macnaghten, o emissário britânico no Afeganistão. Publicado pela primeira vez em Londres em 1846, o livro é composto de 20 breves capítulos que descrevem as rotas percorridas na missão e várias peculiaridades dos locais visitados, como povos, características físicas, ruínas antigas, mercados e vegetação. Burslem também relata batalhas militares travadas contra rebeldes afegãos e conclui sua narrativa descrevendo o encontro em Purwan Durrah com Dost Muhammad e seus homens. Nesta ocasião, o pânico tomou conta de uma força de reconhecimento britânica, resultando na perda de vários oficiais. O livro inclui um mapa de rotas e está ilustrado com placas que mostram duas imagens diferentes da caverna de Yeermallik, uma imagem da cidade e da fortaleza de Kollum, e desenhos fac-símile de moedas antigas que Burslem juntou durante a missão.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016