Coleção da literatura tadjique

Descrição

Numūnah-ʼi Adabīyāt-i Tājīk (Coleção da literatura tadjique) é um compêndio de obras poéticas produzidas por poetas tadjiques das idades média, moderna e contemporânea. A obra foi compilada e editada por Sadriddin Aini (de 1878 a 1954), considerado um poeta nacional no Tadjiquistão e de longe o mais erudito dos tadjiques nacionalistas. O compêndio foi publicado em Moscou pela Editora Central das Repúblicas Socialistas Soviéticas em 1926, apenas dois anos depois da criação da República Socialista Soviética Autônoma da Tadjique. Todas as obras no compêndio são bem conhecidas e encontradas em outros volumes e coleções publicados em regiões de língua persa; em conjunto essas obras representam a tradição literária persa nas regiões de língua persa da Ásia Central. O compêndio inclui um registro biográfico sobre Aini escrito pelo ativista político nacionalista iraniano Abolqosim Lohuti, um prefácio e três seções principais. A primeira seção inclui obras características de 80 poetas persas da idade média e moderna, incluindo Rudaki, Daqiqi, Farabi, Alisher Navoii (ou Nawa’i), entre outros. A segunda seção discute as obras poéticas de 132 poetas da língua persa do final de séculos XVIII e XIX. A seção três analisa o que Aini chama de “nova literatura tadjique”, surgida entre 1905 e 1925. Esses últimos poemas abordam a modernização, conhecida nos estudos da Ásia Central como jadidismo, e os desenvolvimentos sociais e políticos que aconteceram na região em consequência da Revolução Bolchevique. O compêndio apresenta três imagens de Aini. Cada seção começa com um curto prefácio e termina com um índice. Aini fornece um registro biográfico sobre a vida e a carreira de cada poeta. A publicação do compêndio foi um projeto patrocinado pelo Estado, ocorrido durante um período crucial da história, quando muitos países que atualmente são nações-estados independentes da Ásia Central foram, na época, declarados parte da União Soviética sob uma política de “delimitação nacional”.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016