“Pequena geografia” e “História resumida dos profetas”

Descrição

Jughrāfīyah-ʼi kūchak (Pequena geografia) é um texto de geografia para estudantes. Ela começa com uma definição de geografia (“ciência que nos revela cidades, montanhas e rios na terra”) e uma discussão sobre os pontos cardeais. A obra define as características básicas da superfície terrestre e esclarece alguns pontos (como continentes e oceanos), por meio de uma lista de exemplos. Em seguida há uma discussão sobre as fronteiras, as serras e os rios afegãos, e também breves informações sobre a população, a capital, as divisões políticas e governamentais, as cidades influentes e as renomadas escolas de ensino médio do Afeganistão. Depois dessa parte o livro apresenta os continentes, com uma lista dos principais rios, montanhas, países e cidades famosas de cada continente. Entre os recursos do livro vale mencionar um pequeno guia que auxilia os professores no ensino dos pontos cardinais. A obra está encadernada com outro livro intitulado Khulāṣah-ʼi tarīkh-i anbiyā (História resumida dos profetas). Esse livro começa definindo a história como “uma ciência que nos ensina sobre a vida de pessoas famosas, como os profetas... e sobre as circunstâncias de nações e povos do passado e as razões de seu avanço e declínio”. A obra apresenta uma série de pequenas biografias de mais de 20 profetas e figuras religiosas reverenciadas no Islã, incluindo os profetas Adão, Hud, Abraão e Moisés. A seção final fala sobre a Virgem Maria e o prenúncio que seu filho Jesus supostamente teria feito sobre o profeta Maomé. Ambas as obras foram publicadas em 1922 sob os auspícios do ministro da Educação, Hayatullah Khan (de 1888 a 1929), irmão do rei afegão Amanullah Khan (de 1892 a 1960, no poder de 1919 a 1929). Após servir como ministro da educação, em 1925 Hayatullah Khan foi ministro da Justiça. Mais tarde foi morto na insurreição que destronou seu irmão em 1929. Ambos os livros tiveram uma edição de 10.000 cópias publicadas.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016