História da Índia Britânica

Descrição

James Mill (de 1773 a 1836) foi um escritor e filósofo político escocês, também conhecido por ser pai do filósofo e economista John Stuart Mill (de 1806 a 1873). Ele estudou na Universidade de Edimburgo, recebeu licença para atuar como pastor presbiteriano, e trabalhou por um tempo como pregador itinerante. Em 1802 Mill se mudou para Londres, onde começou sua carreira como escritor de panfletos, artigos e, mais tarde, livros. Em 1806 ele começou a escrever sua grandiosa obra: História da Índia Britânica, publicada em 1817. Mill jamais tinha viajado à Índia e desconhecia as línguas indianas. Seu objetivo era reunir, ler e avaliar a grande quantidade de documentos escritos sobre a Índia existentes em línguas europeias, a fim de produzir uma “história crítica” abrangente, uma obra que renderia julgamentos tanto sobre os eventos tratados como sobre a evidência que embasou o conhecimento de tais eventos. A obra de três volumes está organizada em seis livros. O livro um trata das primeiras interações britânicas com a Índia, abrangendo desde a viagem do comerciante Robert Thorne à Índia em 1527 até o estado da Companhia das Índias Orientais no início da década de 1700. O livro dois fala da história, religião, literatura e cultura da Índia antiga, especialmente da civilização hindu. O livro três se dedica à conquista e ao governo islâmicos, começando com incursões no século IX e concluindo com o Império Mogol. Este livro termina com um capítulo intitulado “Comparação do estado de civilização entre os conquistadores maometanos da Índia com o estado de civilização entre os hindus”. Os livros quatro, cinco e seis cobrem a expansão e a consolidação do poder britânico na Índia e o governo da Companhia das Índias Orientais. A obra contém um glossário de termos, um grande mapa desdobrável intitulado “Mapa do lado leste da Pérsia com Afeganistão, Bactriana, Transoxiana etc.” no início do volume um, e outro mapa desdobrável intitulado “Mapa de Hindustão” no início do volume dois. O último mapa foi compilado e gravado pelo cartógrafo londrino John Arrowsmith. A “história crítica” de Mill é conhecida por suas duras críticas à cultura e civilização hindu, descritas por Mill como “rude” e “retrógrada”. Apesar de suas muitas limitações, a História da Índia Britânica de Mill serviu como obra de referência padrão sobre a história da Índia durante grande parte do século XIX.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Baldwin, Cradock e Joy, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

The history of British India

Tipo de Item

Descrição Física

3 volumes: mapas; 28 x 22 centímetros

Referências

  1. Terence Ball, “Mill, James (1773‒1836),” in Oxford Dictionary of National Biography (Oxford, U.K.: Oxford University Press, 2004).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016