Sultanato de Omã: a questão de Mascate

Descrição

Le Sultanat d’Oman: la question de Mascate (Sultanato de Omã: a questão de Mascate) é uma análise de tratados e outros acordos entre a França, a Grã-Bretanha e o Omã em relação ao comércio no Oceano Índico de meados do século XIX até o momento em que a obra foi escrita, às vésperas da Primeira Guerra Mundial I. O estudo diplomático é precedido por uma história política do sultanato e uma discussão sobre a influência europeia no Omã do século XVI em diante. O autor, o príncipe Firuz Kajari (1889 a 1937), é mais conhecido na história iraniana como Firouz Nosrat-ed-Dowleh III, também com nomes e grafias variantes. A obra é a tese acadêmica do autor na Universidade de Paris. Nesta pesquisa, Kajari conta com os escritos de estudiosos europeus e usa fontes árabes somente quando há tradução disponível. Ele se concentra na variação da influência francesa no Oceano Índico ao longo da costa leste da África. O ponto central de sua tese é uma análise das negociações e dos acordos sucessivos, começando com o Tratado Franco-Mascate de 1844, que definiu um padrão para a futura regulamentação da escravidão e do comércio e a bandeira de conveniência da frota comercial de Omã. Os franceses realizaram manobras diplomáticas para impedir a ação de uma política britânica criada para maximizar a influência da Grã-Bretanha e as vantagens comerciais no Oceano Índico. Apesar dos esforços britânicos, esses anos testemunharam o aumento do francisation des boutres (Controle francês dos dhows de Omã). Além de sua contribuição para a história diplomática, a tese de Kajari fornece um vislumbre do histórico escolar e da formação intelectual do futuro ministro iraniano das Relações Exteriores e político que serviu num momento turbulento da história de seu país. Apesar de Kajari pertencer à deposta dinastia Qajar (1794 a 1925), ele se tornou um conselheiro de confiança no regime sucessor de Reza Khan (Reza Shah, 1878 a 1944), que chegou ao poder no golpe de 1921. Kajari ocupou cargos muito importantes durante o governo de Reza Shah, mas depois o governante o achou suspeito e ele acabou sendo preso e assassinado.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

A. Pedone, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Le Sultanat d’Oman : la question de Mascate

Tipo de Item

Descrição Física

269 páginas: mapa; 25 centímetros

Referências

  1. Cyrus Mir and Encyclopaedia Iranica, “Farmānfarmā, ʿAbd-al- Ḥosayn Mīrzā,” in Encyclopaedia Iranica (New York: Bibliotheca Persica Press, 1999). http://www.iranicaonline.org/articles/farmanfarma-abd-al-hosayn-mirza.
  2. Ellery Cory Stowell, “Nationality and Protection of Vessels; The Dhows of Muscat; France and Great Britain,” in International Cases, Arbitrations and Incidents Illustrative of International Law as Practised by Independent States. Volume 1. Reprint. (London: Forgotten Books, 2013).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de abril de 2016