Guia para o Golfo Pérsico: compreendendo o Golfo Pérsico, o Golfo de Omã e a Costa de Makran

Descrição

Guia para o Golfo Pérsico: compreendendo o Golfo Pérsico, o Golfo de Omã e a Costa de Makran é um guia de navegação para o Golfo Pérsico e as águas adjacentes. O guia apresenta descrições detalhadas e precisas dos recursos existentes nas margens e nas águas costeiras da Península Arábica, do Irã, do Iraque, de Makran (nas atuais regiões do Paquistão e do Irã), e do Golfo de Omã. A obra foi publicada pelo Departamento Hidrográfico da Marinha dos Estados Unidos em 1920 como parte de seu programa de produção de guias de navegação de todas as partes do mundo. Grande parte das informações foi extraída do Guia para o Golfo Pérsico, britânico, que, ao contrário da versão americana, é atualizado e publicado até hoje. Guias hidrográficos são instruções de navegação que descrevem as características de portos e vias navegáveis. São muitas vezes complementados com gráficos atualizados, listas de faróis, informações sobre condições meteorológicas predominantes, regulamentos dos portos, e outras informações pertinentes à navegação. Os usuários são alertados de que “exceto em portos bem frequentados e em seus acessos, ainda não foi realizada uma pesquisa completa que aponte todos os perigos existentes na região”. Na verdade, apenas nove portos ou ancoradouros são citados como os principais portos da região tratada neste volume. O livro inclui um glossário com palavras persas, árabes e turcas, um mapa indicando a área coberta, e um índice detalhado com nomes geográficos. Intercalados com as observações gerais de navegação no primeiro capítulo estão breves comentários culturais sobre, por exemplo: os beduínos, considerados perigosos; a pirataria (que dizem ser bem controlada); e o costume de oferecer presentes aos chefes locais, recomendado como uma boa ideia. Além dessas poucas observações, o guia oferece pouca orientação sobre condições em terra firme.

Última Atualização: 29 de abril de 2016