Estudos dos dialetos do sul da Arábia

Descrição

Études sur les dialectes de l'Arabie meridional (Estudos dos dialetos do sul da Arábia) é um estudo monumental dos dialetos das regiões de Hadhramaut e Datinah no sul da Península Arábica, localizadas a nordeste da cidade de Áden (no atual Iêmen). O estudo foi produzido pelo orientalista sueco conde Carlo Landberg (de 1848 a 1924), considerado um dos principais orientalistas suecos de todos os tempos. A obra consiste em quatro volumes de recitações cuidadosamente transcritas de poemas, canções e histórias coletadas das tribos. O autor apresenta o texto em árabe na transcrição coloquial, uma interpretação fonética da recitação, e uma tradução para o francês. As canções são acompanhadas por notação musical. Landberg, um rico aristocrata que decidiu dedicar seu tempo e fortuna ao estudo de dialetos árabes durante suas viagens e aos cargos diplomáticos na Síria, no Egito e na Arábia, mantinha residências na França, Alemanha e Suécia, e fez parte da vida acadêmica de cada país. Em 1889 ele trabalhou como secretário-geral do VIII Congresso Internacional de Orientalistas. Em seu 75º aniversário ele escreveu: “Passei mais de 30 anos entre os árabes. Falei árabe todos os dias durante quarenta e dois anos, até a Guerra [Primeira Guerra Mundial]”. Embora tenha se baseado numa pesquisa com mais de um século de existência, os estudos pioneiros de Landberg continuam sendo o ponto de partida para as pesquisas sobre dialetos do sul da Arábia. Desde a época de Landberg, a ciência linguística e a dialetologia têm alcançado um nível mais alto de complexidade e sofisticação, mas estudiosos modernos ainda dependem do seu trabalho de campo original, especialmente da sua lexicografia. Landberg também forneceu ricas descrições dos hábitos e costumes dos povos entre os quais trabalhou. A publicação desses volumes de 1901 a 1913 pela empresa de impressão e publicação orientalista de E. J. Brill de Leiden, nos Países Baixos, foi reconhecidamente um feito incomparável. Os livros são obras-primas de precisão no uso de vários tipos, anotação complexa e uma abrangente estrutura do livro, apresentando vários índices, glossários e textos explicativos. A obra é dedicada ao rei Oscar II da Suécia, que também era estudioso e patrocinador das artes e das ciências.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

E.J. Brill, Leiden

Título no Idioma Original

Études sur les dialectes de l'Arabie méridionale

Tipo de Item

Descrição Física

2 volumes em 4 livros; 24 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de março de 2016