Reis da Arábia. A ascensão e o declínio da soberania turca na Península Arábica

Descrição

O tenente-coronel Harold Fenton Jacob (de 1866 a 1936) foi um oficial no exército britânico com base principalmente no Iêmen na virada do século XX. Ele atuou como agente político britânico em Dhala e comissário político chefe do Campo de Força de Áden. Entre 1917 e 1920 foi conselheiro de assuntos árabes da região sudoeste para o alto comissário britânico no Egito. A presente obra, Reis da Arábia, examina a história da presença turco-otomana na região de Hejaz da Arábia, mas seu foco principal são pequenos reinos árabes do Iêmen, cuja maioria mais tarde passou a fazer parte do Protetorado de Áden controlado pelos britânicos. O livro fornece um histórico detalhado sobre a história do Iêmen desde o século XVII até o pós-guerra da Primeira Guerra Mundial, incluindo informações sobre os governantes do xarifado de Meca e do imamato zaidita de Sanaa. Ele também relata as tentativas turcas e britânicas de dominar a região, especialmente a rota marítima para a Ásia pelo estreito de Bab el Mandeb. A presença turco-otomana no Iêmen começou no início do século XVI com a captura de Áden e da costa do Mar Vermelho durante o reinado de Solimão, o Magnífico. No entanto, após uma contínua agitação no interior, os turcos evacuaram a região em 1630, deixando-a nas mãos dos imames zaiditas xiitas de Sanaa. Muhammad Ali, vice-rei do Egito, estabeleceu presença na região após derrotar os wahhabistas em Hejaz no início do século XIX. Os turcos retornaram em 1849 e se estabeleceram em várias cidades e portos, permanecendo na região até 1918, quando se renderam aos britânicos. Áden foi tomada pelos britânicos em 1839. O Protetorado de Áden foi estabelecido nessa época e incluía os reinos tribais do interior ao redor da cidade que haviam assinado acordos de proteção com os britânicos. O protetorado deixou de existir em 1963, e em 1967 a região declarou sua independência e ficou conhecida como República Democrática Popular do Iêmen (Iêmen do Sul), unindo-se com a parte norte em 1990 para formar o atual Iêmen.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Mills e Boon Limited, Londres

Título no Idioma Original

Kings of Arabia. The rise and set of the Turkish sovranty in the Arabian peninsula

Tipo de Item

Descrição Física

294 páginas: ilustrações, retratos ; 22 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 14 de novembro de 2017