Lendas dos santos

Descrição

O códice Helgonlegender (Lendas dos santos) é composto por fragmentos de 26 lendas diferentes em islandês antigo, escritas por dois escribas diferentes. O gênero dessa obra representa uma parte essencial das primeiras literaturas nórdicas, particularmente no século XIV. O códice está encadernado em firmes placas de madeira e apresenta desgastes causados por fuligem e fumaça. A obra foi comprada na Islândia em 1682 por Jón Eggertsson (de 1643 a 1689), em nome da Antikvitetskollegium (Universidade de Antiguidades) Sueca e trazida para Estocolmo em 1683. Desde 1780 o códice faz parte dos artigos manuscritos da Biblioteca Nacional da Suécia. O códice contém os seguintes textos: 1. A saga do arcebispo Tomás; 2. A saga do bispo Martinho; 3. A saga do arcebispo Nicolau; 4. A saga do bispo Ambrósio; 5. A saga de Dionísio; 6. A saga de Silvestre; 7. A saga de Gregório; 8. A saga de Agostinho; 9. A saga de Brás; 10. A saga de Estêvão; 11. A saga de Lourenço; 12. A saga de Vicente, o diácono; 13. A saga de Benedito; 14. A saga de Paulo, o eremita; 15. A saga de Mauro; 16. A saga de Maria do Egito; 17. A saga de Marta e Maria Madalena; 18. A saga de Catarina; 19. A saga de Bárbara; 20. A saga de Lúcia; 21. A saga de Cecília; 22. A saga de Ágata, a virgem; 23. A saga de Agnes, a virgem; 24. Fé, esperança e caridade; 25. Flagelação da cruz; e 26. A saga de Maurício.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Helgonlegender

Tipo de Item

Descrição Física

86 páginas: pergaminho; 30 x 23,5 centímetros

Observações

  • Código: Isl.Perg.Fol.2

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 23 de março de 2017