Flora de Áden. Registros da Pesquisa Botânica da Índia, Volume 7, número 3

Descrição

Flora de Áden é um catálogo botânico de plantas encontradas em Áden e nos arredores na ponta sul da Península Arábica. A obra apareceu em três edições em 1914-1916. Apesar de nunca ter viajado para a região, o padre Ethelbert Blatter conseguiu adicionar 250 plantas para a literatura das espécies conhecidas da região. Ele se baseou em diversos herbários e relatos de viagem, começando com os escritos de Henry Salt (de 1780 a 1827). Cada planta é descrita em detalhes com sua representação física, seus nomes latinos e locais, localização, estação de crescimento e outras informações disponíveis. É interessante notar que as descrições raramente citam usos medicinais ou culinários. Há comentários animados sobre a circunstância das descobertas relatadas, como: “Marchesetti é o único botânico que relatou esta espécie de Áden, e incluímos a espécie em sua especialidade... talvez possamos então duvidar da ocorrência real de Cl. droserifolia em Áden”. Ethelbert Blatter (de 1877 a 1934) foi um padre jesuíta suíço e botânico pioneiro na Índia. Ele deixou sua terra natal para estudar na Alemanha e nos Países Baixos, e mais tarde estudou assuntos teológicos na Inglaterra. Em 1903, Blatter se mudou para Mumbai (Bombaim), Índia, para lecionar em Saint Xavier College e trabalhar com pesquisas botânicas e publicações, trabalho que teve até o fim de sua vida. Embora suas principais contribuições tenham ocorrido na Índia Britânica, seus livros sobre as plantas de Áden e da Arábia também são importantes contribuições para a literatura botânica. Flora de Áden inclui o Volume 7 dos Registros da Pesquisa Botânica da Índia (BSI ou o Serviço de Pesquisa). O BSI foi estabelecido em 1890 com a finalidade de identificar as plantas da Índia e seu valor econômico. O interesse europeu na flora indiana data dos primeiros dias de exploração e expansão colonial. A partir do século XVI, portugueses, holandeses e britânicos coletaram e estudaram plantas nativas. À medida que as terras sob o controle da Companhia Britânica das Índias Orientais cresciam em extensão, aumentava-se o estudo da vida vegetal no norte e noroeste do subcontinente indiano. A expansão econômica e imperial estendeu as pesquisas além das fronteiras da Índia Britânica, chegando à Birmânia (Mianmar) e à Península Arábica.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Editora do governo, Calcutá

Idioma

Título no Idioma Original

Flora of Aden. Records of the Botanical Survey of India, Volume VII, Number 3

Tipo de Item

Descrição Física

80 páginas: mapas; 24 centímetros

Referências

  1. Government of India, Ministry of Environment, Forest, and Climate Change, “Botanical Survey of India, Brief History.” http://bsi.gov.in/content/3_1_BriefHistory.aspx.
  2. Agustin Udias, Jesuit Contribution to Science: A History (Heidelberg: Springer, 2015).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 21 de abril de 2017