A História do Iêmen sob o Governo de Hasan Pasha

Descrição

Historia Jemanae sub Hasano Pascha (A História do Iêmen sob o Governo de Hasan Pasha) é uma tradução para o latim de uma edição importante sobre a história árabe do Iêmen durante o governo otomano de Hasan Pasha no século XVI, escrito pelo seu contemporâneo ʻAmir ibn Muhammad al-Ruʻami (ou al-Du’ami). A obra original em árabe intitula-se Al-Rawd al-hasan fi akhbar sayir mawlana sahib al-sa’adah al-Basha Hasan fi ayyam wilayatih bi-iqlim Yaman (Os maravilhosos jardins ou a breve permanência do Senhor Hasan Pasha durante seu governo no Iêmen). A obra foi traduzida por Antonius Rutgers (1805 a 1884), um erudito bíblico holandês e professor de línguas orientais. Hasan Pasha foi um dos mais governadores otomanos mais bem sucedidos do Iêmen. Sua missão consistiu em restaurar solidamente o controle otomano sobre o Iêmen e manter a paz, contendo os rebeldes governantes locais, objetivo alcançado ao longo dos 24 anos de seu governo (1580 a 1604). Os acontecimentos do período foram relatados pelo historiador al-Ruʻami, de quem pouco se sabe. Certamente ele era partidário de Hasan Pasha e nunca deixou de tecer os maiores elogios. A tradução de Antonius Rutgers teve como base o manuscrito que se encontra hoje na Universidade de Leiden. Seu trabalho tem comentários históricos, linguísticos e culturais. Ele também forneceu muitos exemplos do texto árabe original de al-Ruʻami. O livro contém um índice com extensas descrições dos locais mencionados no texto.  Rutgers ensinou teologia e línguas orientais na Universidade de Leiden e em outros lugares e é considerado o fundador dos estudos da língua sânscrita nos Países Baixos.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Jordaan Luchtmans, Leiden

Título no Idioma Original

Historia Jemanae sub Hasano Pascha

Tipo de Item

Descrição Física

219 páginas; 27 centímetros

Observações

  • A cópia da Biblioteca do Congresso contém um carimbo à tinta em japonês. Minami Manshū Tetsudō Kabushiki Kaisha Tōa Keizai Chōsakyoku zōsho no in (Selo da coleção pertencente à Companhia Ferroviária do Sul da Manchúria, Gabinete de Pesquisa Econômica da Ásia Oriental). É bem provável que o volume tenha sido confiscado pelas Forças Armadas dos Estados Unidos no final da Segunda Guerra Mundial e, mais tarde, transferido para a Biblioteca do Congresso A Companhia Ferroviária do Sul da Manchúria dedicou-se a extensas compilações de informação e atividades operacionais em nome do Exército Imperial Japonês, incluindo esforços para incitar os muçulmanos contra os domínios chinês e russo.

Referências

  1. “Hasan Pasha,” in Encyclopaedia of Islam, first edition (Leiden: Brill, 1913−36).
  2. “Rutgers, Antonie,” in Nieuw Nederlandsch biografisch woordenboek (Leiden: Sijthoff, 1912).
  3. Witkam, Jan Just, “The Oriental Manuscripts in the Juynboll Family Library in Leiden,” Journal of Islamic Manuscripts 3 (2012).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de outubro de 2015