Mapa das fortalezas de Yorktown, em Virgínia

Descrição

Este mapa manuscrito em bico de pena e aquarela mostra um plano inacabado do cerco de Yorktown entre setembro e outubro de 1781. York (mais conhecida como Yorktown após a Guerra Revolucionária) foi fundada em 1691 e se tornou um grande porto de exportação de tabaco. O mapa mostra as defesas britânicas, redutos avançados e estradas que levam à vila. Está orientado com o norte para o lado esquerdo superior. O relevo é representado por hachuras, e a escala é de aproximadamente 1:5.000. O mapa tem imperfeições, incluindo cortes nas bordas superior e direita. Ele também apresenta dobras com vários buracos ao longo ou próximo delas. Yorktown foi o último grande campo de batalha da Guerra Revolucionária. A derrota dos britânicos e a rendição da tropa comandada pelo general lorde Cornwallis levaram a negociações de paz e à execução do Tratado de Paris, em 3 de setembro de 1783, que cessou oficialmente as hostilidades e deu reconhecimento internacional à independência americana. O mapa faz parte da Coleção de Rochambeau na Biblioteca do Congresso, com 40 mapas manuscritos, 26 mapas impressos e um atlas manuscrito que pertenceram a Jean-Baptiste-Donatien de Vimeur, conde de Rochambeau (de 1725 a 1807), comandante-em-chefe do exército expedicionário francês (de 1780 a 1782) durante a Revolução Americana. Alguns mapas foram usados por Rochambeau durante a guerra. Datados de 1717 a 1795, eles abrangem grande parte do leste da América do Norte, indo de Nova Terra e Labrador, ao norte, até o Haiti, ao sul. A coleção inclui mapas de cidades, mapas de batalhas e campanhas militares da Guerra Revolucionária, e os primeiros mapas estaduais da década de 1790.

Última Atualização: 8 de janeiro de 2018