Cataratas do Niágara, de 135 pés

Descrição

Esta gravura das Cataratas do Niágara foi feita por Georges-Louis le Rouge (nascido em 1712), geógrafo real do rei Luís XV, e publicada na Recueil des plans de l’Amérique septentrionale (Coleção dos mapas da América do Norte) em 1755. A gravura mostra uma vista das cataratas de uma altitude de 135 pés (41,15 metros). No primeiro plano estão quatro homens: três europeus, um deles com traje clerical segurando uma cruz, e um índio, possivelmente o guia do grupo. Pessoas andam por um caminho que aparece no lado direito da gravura. O Lago Erie aparece no horizonte ao leste. Le Rouge foi um importante editor de mapas norte-americanos. Ele também traduziu mapas hidrográficos do inglês para o francês, possivelmente para o uso da marinha francesa.  A imagem faz parte da Coleção de Rochambeau na Biblioteca do Congresso, com 40 mapas manuscritos, 26 mapas impressos e um atlas manuscrito que pertenceram a Jean-Baptiste-Donatien de Vimeur, conde de Rochambeau (de 1725 a 1807), comandante-em-chefe do exército expedicionário francês (de 1780 a 1782) durante a Revolução Americana. Alguns mapas foram usados por Rochambeau durante a guerra. Datados de 1717 a 1795, eles abrangem grande parte do leste da América do Norte, indo de Nova Terra e Labrador, ao norte, até o Haiti, ao sul. A coleção inclui mapas de cidades, mapas de batalhas e campanhas militares da Guerra Revolucionária, e os primeiros mapas estaduais da década de 1790.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Sault du Niagara, de 135 pieds de haut

Tipo de Item

Descrição Física

1 vista; 18 x 26 centímetros

Referências

  1. Georges-Louis Le Rouge, Recueil des plans de l’Amérique septentrionale (Paris, 1755).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de fevereiro de 2016