Cidade, ancoradouro e porto de Baltimore, Maryland

Descrição

Ville, port, et rade de Baltimore (Cidade, ancoradouro e porto de Baltimore) é um mapa manuscrito produzido com bico de pena e aquarela que retrata o porto e os arredores de Baltimore, em Maryland, pouco antes do fim da Guerra Revolucionária. O mapa foi criado por Louis-Alexandre Berthier (de 1753 a 1815), um jovem oficial francês que acompanhou o exército do conde de Rochambeau para a América do Norte em 1780 e serviu em seu estado-maior geral. Mais tarde, Berthier alcançou o posto de marechal do exército francês e chefe do estado-maior de Napoleão. O mapa mostra fortificações, acampamentos de tropas do exército de Rochambeau ao redor do porto de Baltimore, baterias na entrada do porto e uma balsa cruzando o rio Patapsco. Ele também mostra o desenho das ruas de Baltimore da época, bem como cais, casas e fazendas locais. O mapa destaca canais, sondagens e bancos de areia em águas circundantes, e mostra caminhos para “Frederick Town”, “White Marsh” e “Spurrier’s Tavern” (na interseção de rotas que ligam Baltimore, Washington e Annapolis). O relevo é representado por sombreado. O título é de uma etiqueta escrita à mão que havia sido originalmente colocada no verso. O mapa faz parte da Coleção de Rochambeau na Biblioteca do Congresso, com 40 mapas manuscritos, 26 mapas impressos e um atlas manuscrito que pertenceram a Jean-Baptiste-Donatien de Vimeur, conde de Rochambeau (de 1725 a 1807), comandante-em-chefe do exército expedicionário francês (de 1780 a 1782) durante a Revolução Americana. Alguns mapas foram usados por Rochambeau durante a guerra. Datados de 1717 a 1795, eles abrangem grande parte do leste da América do Norte, indo de Nova Terra e Labrador, ao norte, até o Haiti, ao sul. A coleção inclui mapas de cidades, mapas de batalhas e campanhas militares da Guerra Revolucionária, e os primeiros mapas estaduais da década de 1790.

Última Atualização: 8 de janeiro de 2018