Chave afegã

Descrição

Kalīd-i Afghānī (Chave afegão) é um livro didático pachto originalmente publicado em 1872 em Lahore. O livro foi produzido para militares do exército da Índia Britânica e missionários instalados na Província da Fronteira Noroeste da Índia Britânica e que viviam entre os pachtuns. O objetivo do livro era familiarizar os falantes de inglês com as formas coloquial e padrão da língua pachto, bem como com a história do povo pachto. O compilador foi Thomas Patrick Hughes, padre da Missão de Peshawar entre 1865 e 1884. O livro é dedicado ao vice-governador de Punjab, Sir Robert Henry Davies (de 1824 a 1902). Aqui apresentamos a segunda edição da obra que data de 1893. O conteúdo é uma compilação de oito obras de prosa e verso da literatura, da língua e da história pachto. Ganj-i Puṣhto (Tesouro do pachto) escrito por Mawlawi Ahmad de Tangi, um poeta afegão, analisa 49 contos literários escritos em um pachto puramente coloquial, sem palavras persas ou árabes (páginas de 5 a 130). Tārīkh da Sult̤ān Maḥmūd Ghaznavī by Mawlawi Ahmad (uma tradução da obra Tārīkh-i Firishtah em persa) trata da vida e da carreira do sultão Mahmud de Gázni (de 971 a 1030; páginas de 131 a 204). Tārīkh-i Muraṣṣaʻ (História adornada com pedras preciosas) de Afzal Khan (falecido em 1748), um escritor local, é uma mistura de histórias regionais que começa discutindo a criação do mundo com base em dois pontos de vista: o bíblico e o corânico; e em seguida trata da migração e origem ancestral de algumas das tribos pachtos, como os khattaks, ghurids e outros povos que vivem entre o Afeganistão e o Vale de Peshawar (páginas de 205 a 240). Shahzādah Bahrām wa Gulandām(História do príncipe Bahram e Gul Andam) de Fayyaz é uma história mística de amor originalmente em persa (páginas de 241 a 296). Da Dīwān d ʻAbd al-Raḥman(Coleção de poesia de ʻAbd al-Rahman) é uma seleção de poemas do famoso místico e poeta pachto Rahman Baba (de 1651 a 1709; páginas de 297 a 328). Da Dīwān da Khūshḥāl Khān Kaṭak é também uma seleção de poemas do poeta-guerreiro pachto Khushal Khan Khatak (também conhecido como Khwushhal, de 1613 a 1689; páginas de 329 a 360). Chaman-i Bīnaẓīr (Jardim peculiar) é uma seleção de sonetos poéticos de 35 poetas pachtos, cuja maioria das obras não existe mais (páginas de 361 a 402). Inshaʼ da Puṣhto (Escrita em pachto) é uma compilação de 19 cartas em pachto que complementa o livro didático.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Munshī Gulāb Singh, Lahore

Idioma

Título no Idioma Original

كليد افغاني

Tipo de Item

Descrição Física

418 páginas; 28 centímetros

Referências

  1. Elizabeth Hughes Clark, “Thomas Patrick Hughes, Missionary to British India: The Class Ceiling,” (Project Canterbury, anglicanhistory.org: 2002). http://anglicanhistory.org/india/tphughes/clark2002.pdf.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016