Mapa turístico da Rodovia Custer Battlefield: a rota panorâmica para o oeste

Descrição

A Rodovia Custer Battlefield foi criada em 1925 como uma rota cênica entre Iowa e Montana. A Associação Nacional de Autoestradas imprimiu este grande mapa de parede colorido, o “Mapa turístico da Rodovia Custer Battlefield: a rota panorâmica para o oeste”, mediante um contrato com a Associação da Rodovia Custer Battlefield. Mais tarde a associação presenteou seus membros com este mapa. A rodovia começava em Des Moines, Iowa, passando por Iowa, Dakota do Sul, Wyoming e Montana, e terminava na fronteira canadense no Parque Nacional Glacier. Seu nome foi dado em homenagem a George Armstrong Custer, oficial do exército dos EUA derrotado e morto na batalha de Little Bighorn por guerreiros das tribos lakota sioux, cheyenne do Norte e arapaho. A rota cortava o Cemitério Nacional Custer Battlefield (atuais Cemitério Nacional Custer e Monumento Nacional Little Bighorn Battlefield), onde Custer e seus homens foram enterrados. Este local histórico se tornou o foco geográfico e explicativo da rodovia. Outros pontos turísticos ao longo da rota eram Parque Estadual Custer, a região de Badlands da Dakota do Sul e a Torre do Diabo, em Wyoming. O mapa contém um perfil topográfico mostrando mudanças de elevação ao longo da rota; uma legenda colorida destacando parques e florestas nacionais e reservas indígenas ao longo do caminho; informações sobre o trajeto; e apelos ao governo federal para a construção de um sistema rodoviário nacional.  A construção da Rodovia Custer Battlefield ocorreu num momento de entusiasmo nos Estados Unidos inteiro pela construção de rodovias, tornando rapidamente a rota numa das mais famosas de sua época. A rodovia tomou como base principalmente as estradas existentes, mas também serviu como catalisadora para adicionar sinalizações históricas, atualizar a manutenção e construir novas pontes para a melhoria do percurso. A escala em milhas equivale a 1:3.125.000.

Última Atualização: 30 de outubro de 2015