Anúncio de recompensa pela captura dos organizadores do Movimento Nacionalista Eslovaco

Descrição

Aqui, apresenta-se um anúncio, divulgado pelas autoridades húngaras locais, exigindo a prisão dos líderes da revolta eslovaca de 1848 e 1849: Ľudovít Štúr (1815 a 1856), Michal Miloslav Hodža (1811 a 1870) e Jozef Miloslav Hurban (1817 a 1888). O anúncio está escrito em três idiomas: húngaro, alemão e eslovaco. Contém descrições dos três procurados e anuncia uma recompensa de 100 florins pela captura. Nessa época, a Eslováquia fazia parte da Hungria, que, por sua vez, fazia parte do Império Austro-Húngaro. Quando a revolução de 1848 eclodiu na Hungria, os líderes da minoria eslovaca emitiram a “Petição da Nação Eslovaca”, reivindicando direitos nacionais e individuais. O movimento revolucionário húngaro de Lajos Kossuth recusou-se a garantir os direitos das minorias eslovacas. Isso levou o Conselho Nacional Eslovaco, sob o comando de Hurban, Štúr e Hodža, a declarar independência nacional em 19 de setembro de 1848. O levante foi reprimido pelas autoridades húngaras, mas Hurban, Štúr e Hodža se tornaram heróis nacionais.

Última Atualização: 3 de março de 2016