O livro da elegância na ciência da agricultura

Descrição

‘Abd al-Ghani ibn Isma’il al-Nabulusi (de 1641 a 1731, de 1050 a 1143 A.H.) foi um influente escritor sírio cujo corpus de pelo menos 150 obras conhecidas trata principalmente de questões místicas e outros assuntos teológicos. Depois de perder o pai durante sua juventude, al-Nabulusi desenvolveu um interesse no misticismo e entrou para as ordens sufi Naqshbandi e Qadiriyya. Residindo perto da grande mesquita omíada em Damasco, al-Nabulusi parece ter estudado a fundo durante longos períodos as obras de Ibn al-‘Arabi e outros escritores místicos, indiferente aos hábitos mundanos como o corte da barba e do cabelo. Em sua idade madura, al-Nabulusi viajou muito no Mediterrâneo Oriental, passando por Istambul, Jerusalém, Hebron, Egito e Trípoli. Em 1702 al-Nabulusi retornou a Damasco, onde viveu no bairro de Salihiya pelo resto de sua vida. ‘Alam al-malāḥah fī ‘ilm al-filāḥah (O livro da elegância na ciência da agricultura), de Al-Nabulusi, foge dos tópicos favoritos de al-Nabulusi, quais sejam, misticismo e poesia. Na introdução, o autor se refere à sua obra como um resumo de uma obra sobre agricultura do autor sírio Radi al-Din al-Gazzi al-‘Amiri (falecido em 1529). A obra de Al-Nabulusi é composta por dez capítulos com temas sobre tipos de solos, irrigação e cultivo de árvores, plantas com flores e plantações de grãos. Na conclusão, al-Nabulusi discute a maneira que os produtos agrícolas podem ser preservados e armazenados. O manuscrito foi concluído em 8 de Shawwāl de 1127 A.H. (7 de outubro de 1715).

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

عَلَمَ الملاحة في عِلْم الفلاحة

Tipo de Item

Descrição Física

121 fólios; 226 x 179 milímetros

Instituição

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de dezembro de 2015