As mil e uma noites. Agora a primeira completamente concluída como prosa e verso em inglês

Descrição

Aqui apresentamos a edição de nove volumes de Alf laylah wa-laylah (As mil e uma noites), também conhecida em inglês como Noites árabes, traduzida pelo poeta britânico John Payne (de 1842 a 1916) e publicada apenas internamente pela Sociedade Villon em Londres em 1882-1884. Os contos que formam As mil e uma noites têm suas raízes há muitos séculos em narrativas, histórias místicas e contos populares de Bagdá, Pérsia, Cairo e Índia, espalhados por comerciantes e outros viajantes nas principais rotas comerciais do Oriente do século IX em diante. Todas as diversas versões dessas histórias têm uma “história central”, que envolve um rei, Shahryar, que descobre que sua esposa é infiel a ele, e em seguida a manta. Agora desconfiado de todas as mulheres, ele se casa e mata uma nova virgem a cada dia. Quando não se encontra mais candidatas, a filha de seu vizir, Scheherazade, apresenta-se como voluntária para se casar com o rei, pois havia encontrado uma maneira inteligente de se salvar. A cada noite ela começa a contar uma história ao rei e, com a história ainda incompleta, ela promete terminar de contá-la na noite seguinte. As histórias fascinam o rei, que fica tão ansioso para ouvir o final a cada noite que adia continuamente a execução de sua esposa, até que por fim abandona seu plano cruel. A primeira edição dos contos que apareceu numa língua europeia foi a tradução do arqueólogo e orientalista francês Antoine Galland (de 1646 a 1715), publicada em 1704-1717, mais tarde fonte de muitas outras traduções. A primeira versão em inglês, chamada O entretenimento das noites árabes, surgiu na década de 1800 e foi usada em traduções para alemão, italiano, holandês e russo. Em meados do século XIX, pelo menos duas edições foram publicadas na Índia. A edição de 1835 de Bulaq Press, Cairo, é uma das mais importantes, pois se baseava numa única cópia do manuscrito. As histórias animaram o interesse dos ocidentais no Oriente, tornando-as fonte de fascínio, apresentando para famílias de todo o mundo personagens como Aladim, Simbad e os gênios, e inspirando muitas obras criativas por músicos, artistas e poetas. Entre os famosos contos neste conjunto estão: “O mercador e o gênio”, “O pescador e o gênio” e “As três maçãs”, no volume um; “O rei Omar Bin al-Nu’uman e seus filhos Sharrkan e Zau al-Makan” e “Taj al-Muluk e a princesa Dunya”, no volume dois; “O lobo e a raposa” e “O ladrão e seu macaco”, no volume três; “O califa al-Maamun e o professor estranho” e “Al-Malik al-Nasir e os três chefes de polícia”, no volume quatro; “O Anjo da Morte, com o rei orgulhoso e o devoto” e os contos de “Simbad, o marujo, e Simbad, o terrestre”, no volume cinco; “O beduíno e sua esposa” e “Ardashir e Hayat al-Nufus”, no volume seis; “Julnar do Mar, e seu filho Badr Basim, rei da Pérsia” e “O príncipe Sayf al-Muluk e a princesa Badi’a al-Jamal”, no volume sete; “O homem do Alto Egito e sua esposa franca” e “O pescador Abdullah e o tritão Abdullah”, no volume oito; e “Hassan de Bassorá” e “O sapateiro Ma’aruf e sua esposa Fátima”. O último volume tem um índice para todas as histórias da série e uma dedicação ao capitão Richard Francis Burton (mais tarde Sir Richard Burton, de 1821 a 1890).

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Londres

Idioma

Título no Idioma Original

كتاب ألف ليلة وليلة

Tipo de Item

Descrição Física

volume 1 (xii, 395 páginas); volume 2 (372 páginas); volume 3 (viii, 371 páginas); volume 4 (viii, 324 páginas); volume 5 (vii, 346 páginas); volume 6 (viii, 340 páginas); volume 7, (335 páginas); volume 8 (355 páginas); volume 9 (392 páginas); 24 centímetros

Referências

  1. Jules Bernard, Harry Buxton Forman, and John Payne, “A Note by Buxton Forman and Four Letters of John Payne Relating to the Foundation of The Villon Society and Payne’s Translations,” Studies in English (University of Texas Press), number 22 (1942).
  2. Jules Bernard, Harry Buxton Forman, and John Payne, “A Note by Buxton Forman and Four Letters of John Payne Relating to the Foundation of The Villon Society and Payne’s Translations,” Studies in English (University of Texas Press), number 22 (1942).
  3. “Muslim Journeys | Item #157: Timeline of Publication History: The Arabian Nights,” http://bridgingcultures.neh.gov/muslimjourneys/items/show/157.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 3 de novembro de 2015