Mapa econômico da Geórgia

Descrição

Este mapa econômico, em francês, da República Democrática da Geórgia foi produzido em 1918, ano em que a Geórgia declarou sua independência do Império Russo sob um governo social-democrata. O mapa mostra as fronteiras da nova república com Circássia (República Montanhosa do Cáucaso do Norte), no norte, da Turquia e da República da Armênia, no sul, e do Azerbaijão no sudeste. Também são retratados pontos como cidades e vilas, portos, ferrovias e as balsas que ligam o porto de Batoum (atual Batumi), no Mar Negro, até Odessa (na atual Ucrânia) e Novorossiysk (na atual Federação Russa). Cores e sombreados são usados para mostrar as diferentes regiões agrícolas no país, que incluem pastagens, florestas, regiões de vinicultura e pomares, áreas de produção de grãos e áreas de cultivo especializado. Esta última (apresentada na tabela da parte inferior esquerda e identificada por região), inclui uma grande variedade de culturas, como tabaco, chá, amoras (para produção de seda), nozes, plantas decorativas e muitas outras. Os símbolos indicam minas e pedreiras exploradoras de diferentes minerais, incluindo cobre, chumbo, zinco, antimônio, ferro, ouro, carvão, nafta e outros produtos. O relevo é representado por pontos de elevação em metros. As escalas de distância são dadas em verstas e em quilômetros. Em 1921 o Exército Vermelho invadiu a Geórgia, transformando-a numa república socialista soviética, novamente sob o domínio russo. Geórgia passou a ser um estado independente em 1991, após a dissolução da União Soviética.

Última Atualização: 13 de abril de 2016