Canadense errante

Canadense errante

Descrição

Gravado num cilindro de cera por volta de 1905, esta gravação de Joseph Saucier (de 1869 a 1941) e uma orquestra acompanhante é uma das mais antigas gravações conhecidas de Un Canadien errant (Canadense errante), uma canção popular escrita em 1842 por Antoine Gérin-Lajoie e cantada na melodia de J’ai fait une maîtresse (Encontrei uma amante). Tendo como tema a Rebelião do Baixo Canadá de 1837 a 1838, a canção se tornou uma das mais populares do final de 1800 no Canadá francês. Desde então essa canção foi gravada em diversas ocasiões. Este cilindro fonográfico faz parte da coleção de Jean-Jacques Schira. Precursor do disco de vinil, o cilindro fonográfico foi a primeira mídia para gravação e reprodução de áudio. Nascido em Montreal, Saucier foi um barítono e maestro de coro canadense que estudou piano com seu pai antes de escolher a carreira de cantor.  Ele cantou como solista em diferentes igrejas no Canadá e com a Orquestra Sinfônica de Montreal, estudou canto em Paris, e se apresentou na França, na Inglaterra e nos Estados Unidos. Saucier foi organista e maestro na igreja St.-Louis du Mile-End, em Montreal, e mais tarde maestro de coro na igreja St.-Louis-de-France. Acredita-se que ele tenha sido o primeiro cantor canadense-francês a realizar uma gravação no Canadá, fato ocorrido por volta de 1904, mais ou menos quando esta gravação foi produzida.

Última Atualização: 19 de junho de 2017