Açúcar de bordo e cooperação

Descrição

Produzido pelos Producteurs de sucre d'érable du Québec (Produtores de açúcar de bordo de Quebec), e dirigido pelo padre Maurice Proulx (de 1902 a 1988), este filme de 1955 conta a história da organização e suas novas técnicas para a produção do xarope de bordo, da padronização científica em laboratórios até o embrulho e a embalagem avançados. Proulx, formado em agronomia antes de se tornar cineasta, produziu 36 filmes para a indústria e o governo provincial entre 1934 e 1961. O filme começa com a sangria e a coleta da seiva do bordo na primavera. Ele explica como produtores independentes de açúcar de bordo de Quebec formaram uma cooperativa, conhecida como Citadelle, em 1920, a fim de melhorar a qualidade do produto, estabilizar o mercado do açúcar de bordo e aumentar as vendas. O curta-metragem foi gravado pelo engenheiro de som Jack Burman e narrado por Jean-Paul Nolet. Nolet descreve como a produção na fábrica em Plessisville, Quebec, passa pelos processos de evaporação, classificação e certificação do açúcar de bordo. Em seguida Proulx mostra como a cooperativa produz uma variedade de produtos, incluindo xarope de bordo, açúcar de bordo, manteiga de bordo e doces ou caramelo de bordo. Em 1996, os Produtores de Açúcar de Bordo de Quebec mudaram seu nome para Cooperativa dos Produtores de Açúcar de Bordo Citadelle. Produtora premiada de açúcar de bordo, a Citadelle continua suas operações até hoje e tem mais de 3.500 membros.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Sucre d'érable et coopération

Tipo de Item

Referências

  1. Peter Morris, "Maurice Proulx," The Canadian Encyclopedia (Edmonton: Historica Canada, 1985− ), article published December 5, 2007.
  2. “Sucre d'érable et coopération [1955],” Screenculture, Canadian Educational, Sponsored, and Industrial Film (CESIF) Project. http://www.screenculture.org/cesif/node/3755.

Última Atualização: 19 de junho de 2017