A longa viagem à terra dos huronianos, localizada na América, perto do Mer douce até as distantes fronteiras da Nova França, chamada Canadá

Descrição

Gabriel Sagard (por volta de 1590 a aproximadamente 1640) foi um irmão recoleto que em 1623-1624 viveu entre os huronianos, principais aliados indígenas da França na época. Acompanhado pelo padre Nicolas Viel, Sagard deixou seu mosteiro em Paris em março de 1623 e chegou ao Quebec cerca de três meses depois. Em agosto, Sagard, Viel e outro missionário recoleto, o padre Joseph Le Caron, partiram em direção ao país de Huron com um grupo de huronianos que retornava de sua troca anual de peles com os franceses. Sagard viveu entre os huronianos até maio de 1624, quando seu superior o chamou de volta para Paris. Durante o tempo que passaram com os huronianos, os três recoletos moraram numa cabana indígena que eles mesmos construíram, e onde Sagard dividiu seu tempo entre oração, estudo da língua e visitas às famílias indígenas. Em 1632 Sagard publicou um relato sobre sua permanência entre os huronianos, Le grand voyage du pays des Hurons, situé en l'Amerique vers la Mer douce, és derniers confins de la nouvelle France, dite Canada (A longa viagem à terra dos huronianos, localizada na América, perto do Mer douce até as distantes fronteiras da Nova França, chamada Canadá). Embora mais longe que o Lago Ontário ou que a parte leste do Lago Erie, o Lago Huron foi o primeiro dos grandes lagos descobertos pelos franceses. Desconhecendo a existência de outros lagos, os franceses chamaram o Lago Huron de “La Mer Douce” (o mar de água doce), nome usado por Sagard. Os seis primeiros capítulos de Le grand voyage du pays des Hurons narram a travessia do oceano, a viagem de Quebec até o Lago Huron, e o retorno do autor à França. Do capítulo sete ao capítulo 22, Sagard apresenta ricos detalhes etnográficos sobre os costumes e o modo de vida dos huronianos. O restante da obra descreve a flora e a fauna do país. Sagard produziu duas outras obras importantes sobre a Nova França, L’histoire du Canada (1636), uma história de quatro partes das missões que lhe rendeu o título de primeiro historiador religioso do Canadá, e Dictionnaire de la langue huronne, uma coleção de expressões francesas traduzidas para a língua huroniana.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Denys Moreau, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Le grand voyage dv pays des Hvrons, ſitué en l'Amerique vers la Mer douce, és derniers confins de la nouuelle France, dite Canada

Tipo de Item

Descrição Física

2 partes em 1 volume

Referências

  1. Jean de la Croix Rioux, “Sagard, Gabriel (christened Théodat),” in Dictionary of Canadian Biography, volume 1 (Toronto: University of Toronto/Université Laval, 2003− ). http://www.biographi.ca/en/bio/sagard_gabriel_1E.html.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 20 de novembro de 2015