História de Chevalier des Grieux e Manon Lescaut

Descrição

Histoire du chevalier des Grieux et de Manon Lescaut (História de Chevalier des Grieux e Manon Lescaut), mais conhecido como Manon Lescaut, é um romance escrito por Abade Prévost (de 1697 a 1763), publicado pela primeira vez em Paris em 1731. Considerado escandaloso na época, o romance foi imediatamente banido. A obra conta a história de Chevalier des Grieux e sua amante, a cortesã amoral Manon Lescaut. Des Grieux descende de uma família nobre, mas perde sua herança quando desagrada seu pai e foge com Manon. Os dois vivem juntos em Paris por um tempo, mas des Grieux começa a empobrecer e a cair na criminalidade. Em seguida Manon é deportada como prostituta para Nova Orleans, para onde des Grieux a segue. Após uma série de infortúnios, o casal foge para a floresta de Louisiana, onde Manon morre de exposição às intempéries e de exaustão. Des Grieux então retorna à França. Este romance foi composto como a última parte de uma série de sete volumes chamada Mémoires et aventures d'un homme de qualité (Livros de memórias e aventuras de um homem de qualidade). Aqui apresentamos a edição de dois volumes do romance publicado em Amsterdã em 1753, revisada e corrigida pelo autor. O livro é ilustrado com gravuras, incluindo uma que descreve a deportação de Manon Lescaut para Louisiana (após a página 182 do segundo volume) e outra mostrando sua morte em “uma terra americana selvagem” (depois da página 240 do mesmo volume). Mais tarde a história foi adotada nas óperas Manon (1884), de Jules Massenet (de 1842 a 1912), e Manon Lescaut (1893), de Giacomo Puccini (de 1858 a 1924).

Última Atualização: 20 de novembro de 2015