Autêntico retrato do famosíssimo senhor Quinquenpoix

Descrição

Esta caricatura de “Messire Quinquenpoix” e seu respectivo texto satirizam John Law, o financista escocês responsável pela emissão do primeiro papel-moeda da França. Law convenceu o regente da França, Philippe d’Orléans, que poderia liquidar a dívida do governo francês através de um sistema de crédito com base em papel-moeda. Em 1716 ele abriu o Banque générale, com autoridade para emitir notas. No ano seguinte, Law fundou a Compagnie d’Occident (Companhia do Ocidente), cujo capital foi levantado pela venda de ações com preço nominal de 500 livres, pagáveis apenas em títulos públicos. As primeiras ações eram chamadas de “mães”, em seguida, auxiliadas pelo sucesso inicial, vieram as “filhas” e depois as “netas”. Com anúncios e relações públicas que usou para apresentar o Mississippi como uma terra abundante, Law gerou um entusiasmo extraordinário para o seu esquema. Em 1719, a Companhia do Ocidente adquiriu várias outras empresas no exterior (incluindo empresas do Senegal, das Índias Orientais e da China) para formar a Compagnie des Indes (Companhia das Índias Ocidentais). No entanto, a emissão excessiva de notas bancárias diminuiu a confiança, e o sistema de Law entrou em colapso. Arruinado, Law fugiu para Bruxelas em dezembro de 1720. Seu apelido de “M. Quinquenpoix” faz referência a uma rua em Paris com um nome semelhante, onde a Companhia das Índias Ocidentais mantinha seus escritórios. No retrato, ele segura um saco de ar e é coroado por um bobo da corte, que segura uma coroa de cardos e penas de pavão. Um escudo à esquerda mostra Ícaro, que caiu e morreu por causo do orgulho. O caldeirão na imagem derrete moedas e sátiros lançam ações ao fogo. As inscrições em holandês e em latim dizem: “Quinquenpoix, irrigador de alegria” e “ou César ou nada”. A caricatura data de 1721, e, portanto, retratava bem a atualidade quando foi publicada.

Última Atualização: 4 de novembro de 2015