Mapa do mundo em dois hemisférios (projeção Bonne), 1566

Descrição

Este mapa do mundo em dois hemisfério de projeção Bonne foi produzido pelo hidrógrafo normando Guillaume Le Testu (de 1509 a 1572). Mapas Bonne usavam a projeção de um mapa cônico modificado, a partir de aproximadamente 1500; as linhas paralelas apareciam como arcos concêntricos de um círculo igualmente espaçados e apresentavam um meridiano vertical reto no centro. A escola de normanda de hidrógrafos era ativa na província marítima francesa da Normandia, principalmente na cidade de Dieppe, a partir do início do século XVI a meados do século XVII. Seus cartógrafos eram todos matemáticos habilidosos e mostravam grande domínio das diferentes projeções cartográficas usadas na época. Além de cartógrafos, também eram em sua maior parte pilotos e marinheiros com vasta experiência no mar. Há relatos de que Le Testu tenha feito muitas viagens para as Américas e para a África. Seu profundo conhecimento sobre os Grandes Bancos ao longo da costa de Terra Nova é demonstrado pela frase Banc ou ce fait la pesche des morues (Banco onde se realiza a pesca do bacalhau). Certas regiões no mapa ainda são desconhecidas, por exemplo o norte da Europa, Labrador e Califórnia, e a região da Sibéria, Alasca e Pacífico Norte. A inscrição informa: “Este mapa foi desenhado com total perfeição, tanto em latitude como em longitude, por mim mesmo, Guillaume Le Testu, piloto real, natural da cidade francesa de Grace... e concluído em 23 de maio de 1566”.

Última Atualização: 8 de janeiro de 2018