Mapa do Oceano Atlântico, 1613

Descrição

Este mapa de 1613 do Oceano Atlântico e partes da Europa, África e Américas do Norte e Sul foi produzido na cidade portuária francesa de Havre de Grace por Pierre de Vaulx, cartógrafo e piloto da marinha real francesa. Ricamente iluminado, o mapa representa a grande tradição da cartografia normanda, iniciada no século anterior. A família de Vaulx, originalmente de Pont-Audemer, estabeleceu-se em Le Havre logo depois que o rei Francisco I fundou a cidade em 1517. Jacques de Vaulx produziu uma compilação de obras contemporâneas sobre navegação náutica intitulada “Les premières oeuvres de Jacques de Vaulx”, bem como diversos mapas importantes. Pierre de Vaulx era o irmão mais novo de Jacques; o mapa apresentado aqui é a sua única obra existente. Ele mostra pontos costeiros da Europa de L’Escaut (o rio Escalda), ao litoral da Dalmácia; na África, da Líbia à Cape Fria (Namíbia); e nas Américas do Norte e Sul a partir de Labrador ao Rio de Janeiro, no Atlântico, e no Pacífico de Acapulco a Ponta Anegada, no Chile. Os diversos elementos decorativos no mapa da cidade incluem desenhos coloridos de navios e sereias no mar, e ilustrações de pessoas, casas e animais em terra. O mapa mostra com destaque o rio Amazonas e a Antártica Francesa, uma colônia francesa estabelecida no Brasil em 1555 e mais tarde conquistada pelos portugueses. Os nomes das tribos indígenas da Nova França (atual Canadá) também são apresentados, e incluem inuítes, iroqueses e outros. O mapa faz parte da coleção do Departamento Hidrográfico da Marinha na Biblioteca Nacional da França, adicionado ao acervo da biblioteca em várias etapas entre 1942 e 1965. A coleção provém do Repositório geral de mapas e plantas, revistas e memórias da marinha francesa, criado pelo rei Luís XV em 1720, a fim de coletar a documentação necessária para produzir mapas náuticos confiáveis.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa: em pergaminho; 96 x 68,5 centímetros

Observações

  • Escala aproximada 1:16.000.000

Referências

  1. Sarah Toulouse, “Marine Cartography and Navigation in Renaissance France,” in David Woodward, editor, The History of Cartography, vol. 3, Cartography in the European Renaissance (Chicago: University of Chicago Press, 2007).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de agosto de 2015