Mapa pitoresco de Havana com o número das casas

Descrição

José María de la Torre y de la Torre (de 1815 a 1873) foi um geógrafo, arqueólogo, historiador e educador cubano. O Plano Pintoresco de La Habana con los números de las casas (Mapa pitoresco de Havana com o número das casas) de 1849 produzido por de la Torre tem grande importância do ponto de vista geográfico. O mapa mostra os nomes das ruas, o número das casas, alamedas, fortificações e edifícios públicos, e a divisão da cidade por bairros. A escala está em varas castellanas (jardas castelhanas, uma antiga unidade de medida que variou com o tempo e local, equivalente a aproximadamente 0,84 metros). Um mapa adicional no canto inferior direito mostra o porto de Havana e as áreas próximas, incluindo as fortificações de El Morro, La Punta e La Cabaña. O mapa é emoldurado por 14 ilustrações gravadas do Album Pintoresco de La Isla de Cuba (Álbum pitoresco da ilha de Cuba) de Federico Mialhe (de 1810 a 1881), dando ao mapa uma beleza artística. As gravuras representam: uma elegante multidão reunida na Fonte da Nobre Havana (também conhecida como a Fonte da Índia) na Alameda Isabel II, o Gran Teatro de Tacón, a cadeia e penitenciária, a Catedral de Havana, o hospital militar, estação de trem Villanueva, Castelo Morro, uma fina vista geral de Havana, o reservatório de gás, o Templete (um monumento dedicado à fundação religiosa de Havana), a majestosa casa do Conde de Fernandina, o asilo, a Câmara Municipal e o edifício do circo de Havana.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Havana, Cuba

Idioma

Título no Idioma Original

Plano Pintoresco de La Habana con los números de las casas

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa: papel; 56 x 46 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 23 de julho de 2015