Atlas completo de Taiwan

Descrição

A etiqueta de livro na capa desta obra informa: Taiwan yu tu bing shuo (Atlas de Taiwan com explicações), e o título da página de rosto diz: Quan Tai yu tu (Atlas completo de Taiwan). O escrito no canto superior direito apresenta detalhes sobre a data da obra: “Impresso no quinto mês do sexto ano (1880) do reinado de Guangxu”, enquanto o escrito na parte inferior esquerda informa: “Os blocos de impressão estão sob custódia da Administração Provincial de Taiwan, Fujian”. A coluna central de cada página apresenta o título e o subtítulo, com o número da folha no “rabo de peixe” simples em forma de V na parte inferior. No verso há escrito informando que: “A gravura começou em outono do quinto ano (1879) do reinado de Guangxu”. A cópia tem 54 folhas, incluindo o texto e os mapas. Embora o atlas não seja extenso, a obra apresenta um rico conteúdo, detalhando litorais, rios e riachos, estradas, departamentos do governo, instalações militares, ruas, vilas, locais tribais e nomes geográficos comuns de Taiwan, sendo portanto, uma boa fonte para o estudo da história e da geografia de Taiwan. O frontispício da obra traz o posfácio de 1879 de Zhou Maoqi (de 1836 a 1896) de Jixi, o governador designado do distrito de Taiwan, Província de Fujian, e é seguido pelo prefácio de Xia Xianlun (falecido em 1879), comandante militar do Circuito de Defesa Militar e da Comissão Provincial de Fiscalização. Em seu prefácio, Xia fornece alguns detalhes referentes à compilação deste atlas. Ele foi nomeado administrador de Taiwan Dao em 1873. Um escrito em caracteres menores afirma que a impressão foi supervisionada por Yu Chong, um oficial de classe baixa do nono escalão e membro da equipe de mapeamento. O atlas contém 12 mapas no total. O primeiro, intitulado “Mapa de Qianshan e Houshan”, é o único que não apresenta explicação textual. Os outros mapas retratam os condados de Taiwan, Fengshan, Jiayi, Zhanghua, Xinzhu, Danshui, Yilan, Hengchun, Penghu Ting, Puli She e Houshan, e cada um traz um título. Os desenhos são requintados, e apesar de serem executados no estilo de pintura tradicional chinesa, fornecem direções da bússola e linhas de latitude e longitude. Cada quadrado representa dez li quadrados (um li = 500 metros). No final de cada mapa há breves observações e as distâncias das rotas. Os mapas de Puli She e Houshan apresentam explicações particularmente detalhadas. Na época, Taiwan ainda não era uma província, apenas um distrito de Fujian. Suas divisões administrativas eram muito diferentes das atuais. No entanto, o atlas é simples e de fácil entendimento, e é um dos mais representativos e valiosos de Taiwan produzido durante a dinastia Qing, principalmente o mapa de Houshan, um dos mais importantes do leste de Taiwan. Aqui apresentamos a obra completa.

Autor da Introdução, etc.

Compilador

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Tesouro da Administração Provincial de Taiwan, Taiwan

Idioma

Título no Idioma Original

全台舆图

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

54 folhas, 2 volumes

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de outubro de 2015