Códice Vergara

Descrição

Códice Vergara é um documento cadastral asteca elaborado em 1539 pelos conquistadores espanhóis do México, em nome do rei da Espanha, a fim de facilitar a cobrança de impostos da população nativa. O documento registra as propriedades rurais das aldeias astecas de Calcantloxiuco, Topotitlan, Patlachiuca, Teocatitla e Texcalticpac. Essas aldeias e suas localizações e tamanhos são registrados no documento. As primeiras sete páginas mostram a genealogia das famílias de latifundiários e seus vínculos com os vários lotes de terra. No canto superior esquerdo da página, a chantli (casa da família) é mostrada, seguida por uma cabeça humana sem corpo que representa o chefe da família, ligado aos outros membros da família por uma linha horizontal. Acima da cabeça, um símbolo fonético indica o nome da pessoa. O documento cadastral começa de fato no sexto fólio. Os lotes de terra são representados como grupos de quatro ou cinco dominós empilhados um em cima do outro. O códice é um dos dois censos e pesquisas cadastrais mais significativos de um Estado antigo nas Américas (o outro é o Códice de Santa María Asunción). Ele registra áreas de superfície de campos e medições de perímetro com precisão matemática semelhante à precisão das pesquisas ocidentais realizadas séculos mais tarde. Este documento é fundamental para nossa compreensão do México colonial. Ele inclui, além de outras informações, cerca de 500 nomes de família. O códice é escrito em pictogramas e na língua náuatle em papel europeu, importado para o México pelos espanhóis.

Data de Criação

Data do Assunto

Tipo de Item

Descrição Física

56 fólios: papel europeu; 22 x 31 centímetros

Referências

  1. Jorge, María del Carmen, Barbara J. Williams, C.E. Garza-Hume, and Olvera, Arturo,  “Mathematical Accuracy of Aztec Land Surveys Assessed from Records in the Codex Vergara,” Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America (September 2013): 15053−57.
  2. Williams, Barbara J., and H.R. Harvey, “Content, Provenience, and Significance of the Codex Vergara and the Codice de Santa Maria Asuncion,” American Antiquity 53, no. 2 (April 1988): 337−51.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 7 de julho de 2015