Comentário sobre o pequeno cânone

Descrição

O Qānūnjah (também conhecido por seu nome persa, o Qānūncha), um livro médico de Mahmud ibn Muhammad al-Jaghmini, foi escrito no final do século XII ou início do século XIII e, conforme indicado pelo nome, foi inspirado pela obra enciclopédica de Avicena, al-Qānūn fī al-ibb (O cânone da medicina). A obra de Al-Jaghmini era em si mesma o assunto de grande interesse e, por sua vez, inspirou muitos comentários. O presente comentário sobre o Qānūnjah foi escrito por ʻAli ibn Kamal al-Din al-Astarabadi durante o reinado do sultão otomano Bayezid II (no poder de 1481 a 1512), e é dedicado a esse governador. O nisba (nome que indica proveniência) Astarabadi identifica o autor sendo de Astarabad (Gorgan, no atual Irã). No colofão de sua obra, Kamal al-Din lista essa cidade como sua terra natal, embora ele também forneça o nisba al-Makki (ou seja, o de Meca), talvez se referindo à cidade de seus antepassados. Este manuscrito foi concluído em Constantinopla (Istambul), em 24 de Shawwal de 1174 A.H. (29 de maio de 1761). O escriba, Muhammad Tahir, foi um importante administrador durante o governo otomano. Ele acrescenta, como um pós-escrito, uma quadra persa suplicando a Deus para “preservar a crença dos que leem este manuscrito e rezam [pelo copista]”. O manuscrito contém um adendo, que trata das “faculdades perceptivas”, ou seja, os sentidos da audição, visão, olfato, paladar e tato. O autor deste curto trato se identifica como Muhammad, o principal médico no (hospital, ou literalmente, casa de cura) Dar al-shifa’, e afirma que seu objetivo é facilitar o aprendizado sobre o tema dos “sentidos” para estudantes do Qānūnjah. Embora o Dar al-shifa’ específico não seja identificado, deve-se observar que o Dar al-shifa’ que fazia parte do vasto complexo médico fundado em 1488 pelo sultão Bayezid, em Edirne, funcionou tanto como hospital de ensino como centro médico.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

شرح قانونجه

Tipo de Item

Descrição Física

104 fólios; 218 x 160 milímetros

Instituição

Referências

  1. A.Z. Iskandar, A Catalogue of Arabic Manuscripts on Medicine and Science in the Wellcome Historical Medical Library (London: Wellcome Historical Medical Library, 1967).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 9 de agosto de 2017