As maravilhas da criação

Descrição

ʻAjāʼib al-makhlūqāt wa-gharāʼib al-mawjūdāt (As maravilhas da criação, ou literalmente, Maravilhas das coisas criadas e aspectos surpreendentes das coisas existentes), de Zakriya ibn Muhammad al-Qazwini (por volta de 1203 a 1283), é um dos textos mais conhecidos do mundo islâmico, muitas vezes referido como “A cosmografia”. A obra começa com uma introdução e é seguida por duas seções, a primeira sobre o supraterrestre, e a segunda sobre as criaturas terrestres. Al-Qazwini conclui com uma seção sobre monstros e anjos. O gênero de Aja’ib al-makhluqat (As maravilhas da criação), do qual a obra de al-Qazwini é o exemplo mais famoso, inclui textos em árabe e persa que descrevem as maravilhas dos céus e da terra. Muitos manuscritos da obra de al-Qazwini sobreviveram, assim como várias traduções persas e turcas. O presente manuscrito foi concluído no terceiro dia do Ramadã de 1254 A.H. (20 de novembro de 1838), por Muhammad ibn Muhammad Fadil. É atipicamente desprovido de ilustrações.

Última Atualização: 9 de agosto de 2017