Coleção reunida de canções Sao da região de Wu, selecionadas e publicadas por Baixuezhai

Descrição

Esta obra, em quatro juan, também é chamada de Wu sao he bian (Coleção reunida de canções Sao da região de Wu). Ela foi compilada por Zhang Chushu e Zhang Xuchu do final da dinastia Ming. Zhang Chushu de Wulin (atual Hangzhou, em Zhejiang), chamado de Qi, nomes de estilo Saoyin Jushi e Baixuezhai Zhuren, era hábil em poesia ci e qu. Zhang Xuchu, nomes de estilo Banling Daoren e Lingqiao, era o irmão mais novo de Zhang Chushu. A obra contém prefácios dos Zhangs, de Chen Jiru e de Xu Dangshi. Ela foi impressa em Wulin por Zhang Shiling de Baixuezhai durante o período de Chongzhen (de 1628 a 1644), da dinastia Ming. Os três primeiros juan foram compilados por Zhang Chushu e editados por Zhang Xuchu. O juan um apresenta um prefácio de Chen Jiru, seguido por canções selecionadas, e inclui outra obra de Zhang Chushu intitulada Heng qu chen tan (Conversa informal sobre poesia qu), em quatro capítulos. Os juan dois e três apresentam prefácios dos irmãos Zhang, seguidos por canções selecionadas, com comentários dos compiladores, e 30 ilustrações. Zhang Xuchu compilou o último juan e incluiu alguns poemas. O juan quatro ficou conhecido como Wu sao he bian, dando a entender que essas canções Kunqu seguiam o estilo poético de Chu sao. As seleções eram compostas principalmente por canções Kunqu do Sul (a primeira forma dramática desenvolvida na ópera chinesa que prosperou durante o final da dinastia Song do Norte e início da dinastia Ming, por volta do século XII ao século XIV). Para alcançar grande circulação, os irmãos Zhang selecionaram as melhores canções e os melhores poemas Ming, com qualidades de erudição e sinceridade. Cada canção reflete a linguagem poética Ming, e muitas são acompanhadas por comentários dos compiladores. As delicadas e meticulosas ilustrações da obra retratam cenas nas canções de modo a evocar uma sensação calma e prazerosa. A técnica apresenta uma elegância clássica. Figuras humanas são representadas entre as paisagens, característica do estilo xilográfico de Wulin. Entre os mestres da gravura estavam Xiang Nanzhou de Wulin, e Wang Chengpu de Shexian. Xiang Nanzhou representava a escola de Zhejiang, em Wulin, enquanto Wang Chengpu era da escola de Anhui. As ilustrações cobrem ambas as páginas, com inscrições no lado para não obstruírem as imagens. Cenas como lagos, pavilhões, cortinas de vento, e grama e árvores são todas dispostas cuidadosamente nas páginas, que também incluem os personagens da canção e refletem a narrativa. O xilógrafo Xiang Nanzhou, nome de cortesia Zhonghua, era natural de Wulin, como os irmãos Zhang. Ele foi muito famoso durante o reinado de Chongzhen (de 1628 a 1644), e suas gravuras eram delicadas, meticulosas e variadas. Xiang também fez as ilustrações de Xi xiang ji (Romance da câmara ocidental), junto com o pintor Chen Hongshou e o ilustrador Wei Xian.

Última Atualização: 25 de junho de 2015