А sangrenta batalha contra os alemães em Vítkovice

Descrição

Esta impressão, que mostra uma batalha entre russos e alemães em Vítkovice, faz parte da coleção de pôsteres em estilo lubok da Primeira Guerra Mundial, conservada na Biblioteca Britânica. A legenda descreve: “O sanguinário Kaiser Guilherme II há muito tempo prometeu às suas hordas bárbaras que um dia saqueariam a bela Varsóvia. Por duas vezes os alemães atacaram a cidade, mas em ambas foram expulsos com grandes perdas. Iniciou-se então uma guerra de trincheiras. Os rios Bzura, Rawka, Pilica superior e Nida marcaram a linha de contato entre nosso exército e os alemães. O inimigo queria quebrar nossas posições no rio Bzura e ganhar acesso a Varsóvia a todo custo. Em 20 de janeiro de 1915, os alemães começaram um ataque sem precedente. Ao longo das dez milhas de linha de frente, eles enviaram cerca de 130.000 pessoas e 600 armas. Para cada jarda da linha de frente havia um homem em posição, e havia no total 12 linhas, que seguiam uma após a outra. Depois de um terrível furacão de fogo, essas densas colunas de alemães atacaram nossas trincheiras. Nossos heróis os enfrentaram com tiros de metralhadora e rifle, resultando em pilhas de corpos. Numa manobra de contra-ataque, nossos homens pararam os alemães, forçaram sua recuada e capturaram duas linhas de trincheiras. Ao mesmo tempo, nossos maravilhosos heróis foram para a margem esquerda do estuário do rio Bzura (ocupada pelos alemães), destruíram um destacamento alemão e capturaram Vítkovice, uma importante vantagem estratégica. Os alemães perderam mais de 40.000 pessoas, das quais a maioria está morta”. Lubok é uma palavra russa para impressões populares criadas a partir de gravuras, xilogravuras, águas-fortes ou, mais tarde, litografia. As impressões muitas vezes se caracterizavam por simples ilustrações coloridas que retratavam uma narrativa, e também podiam incluir textos. Lubok ganhou popularidade na Rússia a partir do final do século XVII. Geralmente com narrativas de acontecimentos históricos, literaturas ou contos religiosos, as impressões eram usadas para levar essas histórias a pessoas analfabetas. Além da sua expressividade, as impressões tinham tons bem diversificados, variando de comentários bem-humorados a instrutivos, passando por assuntos políticos afiados a temas sociais. As imagens eram claras e de fácil compreensão, e algumas foram publicadas em série, antecessoras da moderna história em quadrinhos. Devido ao baixo custo de sua reprodução, as impressões eram, portanto, uma forma que as massas tinham para mostrar arte em casa. No começo, esse estilo artístico não foi levado a sério pelas classes mais altas, mas até o final do século XIX, o estilo lubok ficou tão bem-conceituado que inspirou artistas profissionais. Durante a Primeira Guerra Mundial, o estilo informou os russos sobre os eventos na linha de frente, reforçou o moral e serviu como propaganda contra combatentes inimigos.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Empresa de Impressões e Litografias E. Konovalov & C., Moscou

Idioma

Título no Idioma Original

Кровопролитный бой с немцами у Вытковице

Tipo de Item

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 14 de novembro de 2017