Mapa de esboço do país entre os rios Hari e Murghab. O oásis de Tejend e as estradas de Merv

Descrição

O ano de 1883 fica entre dois eventos críticos na conquista russa da Ásia Central: O saque de Geok Tepe (atual Gökdepe) em 1881, e a conquista de Merv (atual Mary) em 1884. Esse mapa de 1883 descreve estradas, rios e informações topográficas relacionadas à região adjacente ao oásis de Tejend (ou Tejen), bem como ao oásis de Merv, por volta de 130 quilômetros ao leste. Geok Tepe e a cidade vizinha de Ashgabat não são registradas dentro dos limites do mapa (ficando em torno de 325 quilômetros ao leste de Merv). Após a campanha contra Geok Tepe e antes da anexação de Merv, a Rússia reivindicou a posse da área pouco povoada do oásis de Tejend. Alguns dos sobreviventes do massacre após a conquista de Geok Tepe foram para o território de Tejend e viveram no oásis anteriormente desabitado. Ao contrário da conquista de Geok Tepe, a conquista de Merv se baseou numa artimanha, em vez de em combates intensos. A operação recebeu a ajuda de um nativo do Dagestan (Daguestão, em persa), um certo tenente Alikhanov. Alikhanov, cujos dados de levantamento de Tejend estão inclusos no presente mapa, fez-se de comerciante e iniciou um acordo comercial com Merv. No início de 1884, ele conseguiu garantir a capitulação do oásis através de oratória e advertências sobre pesadas represálias russas em caso de resistência por parte da população local. Outros detalhes cartográficos inclusos no mapa foram reunidos por tenente-coronel Baron Aminof, tenente Visheslaftsef e Edmond O’Donovan. As escalas de distância são dadas em milhas e verstas. O mapa foi litografado por Edward Weller e publicado na Ata da Sociedade Geográfica Real em 1883.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016